ROUBO

Transexual e comparsa são presas por roubo de 400 mil

O crime ocorreu dia 27 de outubro na casa de um procurador da justiça no Araçagi

O crime aconteceu quando Franciene Ferreira de Souza, funcionária da casa que foi alvo da ação teria fornecido as informações para Jhonathan Silva Rubin  na companhia de três homens rendeu o procurador e a família dele, levando a quantia de R$ 400 mil reais. A casa do procurador fica no Araçagi, município de São José de Ribamar. 
O crime ocorreu dia 27 de outubro. A transexual Penélope é casada com o filho da babá Franciene Ferreira, que é casada com a irmã da transexual. As duas serão encaminhadas para o complexo penitenciário de Pedrinhas.
VER COMENTÁRIOS
Polícia
Concursos e Emprego
Esportes
Entretenimento e Cultura
Saúde
Mais Notícias