Stock Car

Rafael Suzuki é tocado na largada e acidente força abandono em Tarumã

Representante maranhense teve bom desempenho durante treinos e classificação, mas foi tirado da corrida ainda na primeira curva

Foto: Carsten Horst.


Carsten Horst

Suzuki foi obrigado a abandonar neste domingo, após ser tocado na curva 1

A etapa de Tarumã vinha sendo muito positiva para Rafael Suzuki, que ficou no top-10 no treino de sexta-feira, e garantiu a 15ª posição para o grid de largada da primeira corrida no circuito gaúcho. Porém, nesse domingo, dia 08, a participação do representante maranhense na prova durou apenas alguns metros, frustrando a expectativa de mais um bom resultado. Logo após a largada, o piloto foi fortemente acertado na curva 1, e com o carro avariado no meio do grid, foi novamente acertado por outros pilotos, sendo assim obrigado a abandonar ainda na primeira volta. Como não conseguiu retornar aos boxes por meios próprios, conforme manda o regulamento, Suzuki não pode nem largar para a segunda corrida da rodada.
A etapa como um todo foi bem movimentada, com diversas batidas e carros com pedaços se soltando, em provas de sobrevivência. Na corrida mais longa, Allan Khodair saiu da pole position e foi o vencedor. Na briga pelo título, Marcos Gomes foi 3º, e Felipe Fraga o 2º. Já na segunda corrida, o principal concorrente de Gomes ao título, Cacá Bueno, ficou com a 1ª posição, com Rubens Barrichello e Daniel Serra completando o pódio.
A etapa final da temporada 2015 da Stock Car acontece entre os dias 11 e 13 de dezembro, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Ao contrário da maioria das etapas do ano, desta vez a disputa acontece em apenas uma corrida de 50 minutos, com pontuação dobrada. Suzuki quer aproveitar essa situação para subir no campeonato e encerrar com chave de ouro seu segundo ano na principal categoria do automobilismo brasileiro, na mesma pista onde fez sua estreia, no início de 2014.
Foto: Rafael_Gagliano/HYSET.


Rafael_Gagliano/HYSET

Agora, Rafael Suzuki já pensa na etapa final da temporada, em Interlagos

“É frustrante acabar o fim de semana assim, quando tudo parecia promissor. Larguei bem, fiquei na minha linha por dentro quando de repente senti um impacto muito forte de outro carro na minha roda traseira direita. Quebrou na hora, fiquei lento no meio do pelotão e logo em seguida me viraram e fui acertado novamente na curva 2. São coisas de corrida, hoje sobrou pra mim. De qualquer forma, vamos levar muitas coisas positivas para a última etapa em Interlagos, como a evolução do nosso carro”, declarou Rafael Suzuki.

VER COMENTÁRIOS
Polícia
Concursos e Emprego
Esportes
Entretenimento e Cultura
Saúde
Mais Notícias