FIFA

Blatter recebe alta de hospital na Suíça

Presidente suspenso da Fifa, Joseph Blatter recebeu alta do hospital em que foi internado nesta semana, em Zurique, na Suíça, segundo seu assessor pessoal, está ‘muito feliz’

Presidente suspenso da Fifa, Joseph Blatter recebeu alta do hospital em que foi internado nesta semana, em Zurique, na Suíça. A informação foi confirmada nesta quinta-feira pelo assessor do dirigente, Klaus Stoehlker, em entrevista para o canal de TV da agência Reuters.
Depois de ter sido submetido a exames médicos na semana passada, o suíço de 79 anos de idade precisou dar entrada no hospital, que não divulgou o motivo da internação. Sem fornecer maiores detalhes, sua assessoria confirmou que o dirigente teve um mal-estar e explicou que os problemas estariam relacionados com o estresse sofrido nas últimas semanas.
Envolto nos escândalos de corrupção que assolam a Fifa, entre eles o que envolve a investigação que apura um pagamento suspeito feito por ele a Michel Platini e provocou a suspensão dos dois dirigentes por 90 dias, Blatter agora teve a sua condição de saúde respaldada pela sua assessoria.
“Ele precisou ficar alguns dias no hospital, mas agora saiu, ele está em casa, em Valais. Ele está muito feliz e está relaxando alguns dias até o início da próxima semana, então estará de volta”, afirmou Stoehlker, que depois assegurou que Blatter está “se recuperando muito rápido”.
A notícia da alta de Blatter acontece no mesmo dia em que a Fifa confirmou que cinco dirigentes tiveram suas candidaturas aprovadas para participar da eleição que servirá para apontar o sucessor do cartola suíço, em 26 de fevereiro do próximo ano. Ali Al Hussein, Salman Bin Ebrahim Al Khalifa, Jérôme Champagne, Gianni Infantino e Tokyo Sexwale foram anunciados como candidatos, em informe divulgado nesta manhã pela entidade que controla o futebol mundial.
O comitê eleitoral da Fifa, que submete os candidatos a testes de integridade, aprovou cinco dos sete nomes apresentados, sendo que Platini, presidente suspenso da Uefa, ainda precisa aguardar que o exame de sua situação legal seja concluído, enquanto o liberiano Musa Bility, outro possível postulante ao cargo máximo do futebol, foi afastado da disputa.
VER COMENTÁRIOS
Polícia
Concursos e Emprego
Esportes
Entretenimento e Cultura
Saúde
Mais Notícias