Insegurança

Jogadora da seleção brasileira tem medalha roubada

A CBF informou que fará uma réplica da medalha

Seleção Feminina vence a Colômbia por 4 a 0 no estádio Tim Hortons em Hamilton, no Canadá. na final Pan-Americana, dia 25 de julho de 2015.  Foto: Rafael Ribeiro

A jogadora de Tamires Britto, lateral da seleção brasileira de futebol, teve a medalha de ouro roubada em assalto, enquanto conversava com familiares na porta da casa da sogra, na manhã da última sexta-feira, 31 de julho.

Tamires, que integra a seleção de futebol e que conquistou o ouro no Pan-Americano de Toronto, estava com a família, em Santo André-SP, quando dois rapazes armados se aproximaram e anunciaram o assalto. Os dois assaltantes levaram a bolsa da jogadora em que estava a medalha de ouro. A lateral e sua família passam bem.
A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) informou, por meio do site oficial, que fará uma réplica da medalha.
Confira o trecho:
“A CBF fará uma réplica da medalha de ouro dos Jogos Pan-Americanos para Tamires, lateral-esquerda da Seleção Brasileira Feminina, que foi roubada nesta sexta-feira, 31 de julho, em São Paulo
– Estamos bem, graças a Deus. Infelizmente levaram a minha bolsa e a minha medalha estava dentro, pois ia fazer umas fotos com ela. Mas o importante é que ninguém se feriu – disse Tamires”.
Internauta você pode compartilhar pelo WhatsApp no número (98) 9 9188 8267 informações, denúncias e sugestões para o portal O Imparcial
VER COMENTÁRIOS
Polícia
Concursos e Emprego
Esportes
Entretenimento e Cultura
Saúde
Mais Notícias