INVESTIMENTO PRIVADO

Havan e Mateus iniciam parceria e prometem gerar empregos

Com a parceria com as lojas Havan, o grupo Mateus espera criar 10 mil empregos nos próximos cinco anos

Luciano Hang e Ilson Mateus aparecem juntos em rede social. (Foto: Reprodução)

O empresário Luciano Hang, dono das lojas Havan, iniciou a semana em visitas ao estado do Pará e Maranhão. O empresário já havia informado que iria investir R$ 500 milhões de reais na expansão e abertura novas lojas pelo Brasil. No Maranhão, ainda não existe nenhuma loja do grupo de Hang.

A novidade é que pelo menos nos estados do Maranhão, Piauí, Tocantins e Pará, a chegada de Luciano Hang e da Havan vai acontecer em parceria com o empresário maranhense Ilson Mateus. A iniciativa partiu de Ilson Mateus, que fez o convite para Luciano Hang para fazer abrir lojas Havan e lojas Atacarejo Mateus, que atendem o mesmo público-alvo.

Não chega a ser uma sociedade, mas os dois empresários devem investir na abertura de lojas casadas, uma do lado da outra, dividindo terreno, estrutura e estacionamento.

As lojas Havan são conhecidas por ter uma Estátua da Liberdade na fachada de suas lojas. (Foto: Reprodução)

Com a parceria, o grupo Mateus espera criar nos próximos 5 anos, 10 mil empregos. Pelas redes sociais, os dois empresários estiveram na noite desta terça-feira (18) em visita a terreno na região da Cohama e já na manhã desta quarta-feira (19), continuam as visitas em reuniões e já visitaram terreno na Av. São Luís Rei de França, no Turu.

Pela rede social de Luciano Hang, Ilson Mateus promete “Juntos no Maranhão, Piauí, Tocantins e no Pará”, já Hang comemora a parceria. “Vamos juntos montar muitas lojas e gerar muito emprego.

Gigantes do mercado

O encontro dos dois empresários têm em comum a meta de crescimento para os próximos anos. Hoje, com 32 anos de história, o Grupo Mateus tem 22 mil funcionários e no total conta com 92 lojas no Maranhão, Pará e Piauí.

Para os próximos cinco anos o projeto de expansão é ambicioso, o empresário Ilson Mateus quer abrir 350 novas lojas ampliando a atuação no Piauí e Tocantins. O faturamento em 2017 chegou a R$ 7 bilhões, o que cacifou o grupo Mateus se tornar a 5ª maior no ranking nacional no setor varejista.

A perspectiva de crescimento do Grupo Havan não é diferente do novo parceiro Mateus. Sob o slogan “Não tem crise para quem vende barato”, Luciano Hang quer liderar o crescimento mais 100 megalojas até o ano de 2022, crescimento deixaria o grupo com 200 lojas espalhadas pelo Brasil.

Outros segmentos

Os empresários também apostam em diversificar sua atuação. O Grupo Havan, além das lojas de departamento, tem em seu portfólio empresarial empresa no segmento de geração de energia elétrica, postos de combustível, factoring, hotelaria, entre outras empresas.

O Grupo Mateus atua nos setores de varejo, atacado, eletrodomésticos, indústria de panificação e distribuição de medicamentos. No momento de crise que o país atravessa, os dois empresários têm apostado na expansão agressiva. Pelo menos por enquanto, dos dois grupos empresariais não vão assumir nenhuma sociedade, apenas uma parceria comercial que deve abrir as portas para o Grupo Havan onde ainda não atua, como é o caso do Maranhão.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS