CORONAVÍRUS

No Maranhão

2623
306952
267991
8681
PROTOCOLO SANITÁRIO

Saiba detalhes das medidas definidas para volta do torcedor nas finais do Maranhense

Estádio Castelão só poderá receber 6 mil torcedores em cada uma das decisões do Estadual.

Reprodução

As finais do Maranhense serão disputadas nos dois próximos finais de semana, com Superclássicos começando às 16h, no Castelão. O primeiro confronto será no próximo domingo (16) e a partida de volta ocorrerá no sábado seguinte (22). Os jogos terão a volta do torcedor maranhense e, para garantir a segurança de todos, um protocolo sanitário foi elaborado pela Secretaria de Saúde do Maranhão.

Os ingressos deverão ser vendidos até a véspera do evento, não será permitida a comercialização deles na entrada do estádio, no dia do jogo. Só serão permitidas pessoas com idade a partir de 16 anos. Ao chegar ao portão, o torcedor deverá higienizar as mãos com álcool em gel por meio dos totens instalados no espaço, além de ter a temperatura corporal aferida.

Para garantir o distanciamento, as fileiras serão utilizadas de forma alternada, tanto para os lados direito e esquerdo, como para as partes da frente e de trás. Além disso, cada torcedor deverá apresentar comprovante de testagem para Covid-19 com resultado negativo, seja do tipo antígeno ou PCR, efetuado até 48 horas antes do jogo, ou cartão de vacinação com pelo menos uma dose da vacina aplicada.

Para esta partida, as torcidas organizadas não poderão participar, apenas torcedores comuns, que serão divididos em arquibancadas de acordo com o clube de futebol que torcem. As determinações sanitárias também serão exigidas às autoridades que quiserem ter acesso ao jogo. Profissionais dos setores alimentícios dentro do estádio também deverão estar testados e com resultado negativo ou ter recebido a primeira dose da vacina contra a Covid-19.

Para monitoramento dos torcedores, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) criou um banco de dados que estará vinculado aos pontos de venda de ingressos. Assim, o torcedor que comprar o ingresso, terá nome e demais dados de identificação automaticamente inseridos no sistema do ConectaSUS, suporte tecnológico que monitora as informações em Saúde no estado.

Isso possibilitará ao Governo do Estado maior rapidez na busca de pessoas que por ventura apresentem sinais de contaminação após a partida, garantindo a elas atendimento e tratamento em tempo hábil, e aos seus contatos também.

  • Foto: França Melo.
VER COMENTÁRIOS
Entretenimento e Cultura
Esportes
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias