CORONAVÍRUS

No Maranhão

2623
306952
267991
8681
PENTACAMPEÃO NO TRICOLOR

Meia Cleitinho buscará o sexto título maranhense, dessa vez pelo Moto Club

Atleta conta com cinco títulos estaduais pelo Sampaio, incluindo um tricampeonato, e tentará primeiro troféu pelo Rubro-Negro.

Cleitinho em treinamento no CT Pereira dos Santos - Foto: Hiago Ferreira - Moto Club.

A trajetória do meia Cleitinho no Sampaio é marcante em sua carreira, pois o jogador passou nove temporadas no CT José Carlos Macieira. Só que em 2021, o atleta está do outro lado do Superclássico, vestindo a camisa do Moto Club. E quis o destino que a final do Maranhense colocasse frente à frente justamente tricolores e rubro-negros.

Pela Bolívia Querida, Cleitinho conquistou cinco campeonatos maranhenses, incluindo um tricampeonato entre 2010 e 2012, além dos títulos de 2014 e 2017. O jogador buscará o hexa no futebol do Maranhão, dessa vez defendendo o Papão do Norte.

Tenho uma grande identificação com o Sampaio, tenho um grande carinho pelo clube. Passei quase uma década lá, então não tem como esquecer. Mas agora estou defendendo as cores do Moto e cheguei a mais uma final de Estadual. Já conquistei cinco e espero conquistar mais um, agora com a camisa do Papão, um clube de massa e que tem torcida”, disse o atleta.

No primeiro Superclássico pelo Moto Club, na quinta rodada da fase classificatória, Cleitinho foi uma peça fundamental na vitória rubro-negra pelo placar de 2 a 1. O meia fez o gol de empate e participou da jogada que terminou com o gol da vitória, marcado pelo atacante Negueba.

Diante do Juventude, nas semifinais, Cleitinho fez um dos gols do resultado de 3 a 2 que garantiu a classificação. O atleta espera que essa participação decisiva no duelo e a sequência de atuações no time titular tenha afastado qualquer desconfiança da torcida motense.

A cobrança aqui é grande aqui e foi maior na minha chegada, pelo fato de eu ter jogado no rival. Mas eu creio que o nosso torcedor está satisfeito, pois eu tenho dado conta do recado e estou conseguindo fazer gols. Tem tudo para que na final eu possa crescer mais ainda e possa dar esse título para o Moto”, concluiu.

As finais do Maranhense serão disputadas nos dois próximos domingos, com Superclássicos começando às 10h, no Castelão. Além do título, o campeão maranhense garantirá vaga na fase de grupos da Copa do Nordeste 2022.

VER COMENTÁRIOS
Entretenimento e Cultura
Esportes
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias