CORONAVÍRUS

No Maranhão

3817
276062
246329
7612
RIVALIDADE À FLOR DA PELE

Dirigente do Moto Club alega agressão e Superclassico termina em delegacia; veja vídeo

Zagueiro Paulo Sérgio, que teria sido autor de um soco no supervisor motense, foi um dos conduzidos para prestar esclarecimentos.

Reprodução

O duelo entre Moto Club e Sampaio não encerrou com o apito final do árbitro e a vitória do Papão por 2 a 1. Na saída dos times para o vestiário, foi registrada uma confusão, que terminou com a condução do zagueiro do Tricolor, Paulo Sérgio, e o supervisor do Rubro-Negro, André Gomes. Ambos foram levados do Castelão para o Plantão Central da Polícia Civil.

Essa conta não é minha

O dirigente motense disse, em depoimento, que foi agredido pelo defensor do Sampaio, com um soco no rosto, quando as equipes estavam se deslocando para o vestiário. O tumulto também envolveu o meia Eloir, da Bolívia Querida, que segundo André Gomes o atingiu pelas costas sem possibilidade de defesa, além do atacante Gleydisson, do Papão. O efetivo da Polícia Militar teve que atuar para evitar que a ocorrência fosse mais grave.

Paulo Sérgio sendo levado para uma viatura policial

Entramos em contato com o zagueiro Paulo Sérgio e estamos aguardando um retorno do jogador. Lembrando que o atleta não foi relacionado para o jogo, por conta de uma lesão. Moto Club e Sampaio Corrêa não se manifestaram oficialmente sobre o episódio.

Dentro de campo, o Rubro-Negro venceu por 2 a 1, chegou aos 15 pontos e retomou a liderança do Estadual. Com 13 pontos, o Tricolor é vice-líder da competição.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Entretenimento e Cultura
Esportes
Polícia
Mais Notícias