CORONAVÍRUS

No Maranhão

981
206680
195003
4669
FUTEBOL

Júnior Amorim é o novo comandante do Sampaio Corrêa no Estadual

O auxiliar-técnico Júnior Amorim fica no Sampaio e assume o comando de forma interina. Marcelo Mendes continua na comissão técnica mesmo após saída de Brigatti

Reprodução

Após dar adeus ao técnico João Brigatti, a “fila andou” rapidamente e o presidente do Sampaio Corrêa, Sérgio Frota, anunciou imediatamente Júnior Amorim, como treinador interino do clube. A ideia é que Júnior siga no comando técnico até a contratação de um profissional para ocupar o cargo.

Com a programação de treinos pronta, o grupo segue a preparação que foi traçada pelo ex-técnico Brigatti para a partida contra o Cordino, marcada para o dia 1º de março, no Estádio Castelão.

Frota adiantou que o outro auxiliar técnico, Marcelo Mendes, membro da comissão técnica, continua. Frota ainda irá até o Rio de Janeiro para reuniões na CBF e tomará outras definições assim que retornar a São Luís. “Agradeço ao Brigatti, que além de competente, sempre foi correto com o clube e agiu profissionalmente em todos os momentos. Recusou propostas muito vantajosas ano passado, durante a Série C, e em nome de um projeto resolveu permanecer até o fim, conquistando o acesso e o vice-campeonato brasileiro. Foi um treinador muito importante para o Sampaio, assim como o Sampaio foi importante para ele, após a saída do Paysandu. Aqui, recebia um salário muito acima dos padrões do futebol maranhense, e agora vai receber mais do que o dobro na Ponte. Valorizou-se, então, é justo. É um grande profissional, que vai, mas deixa as portas abertas”, ressaltou.

Agora vai receber mais do que o dobro na Ponte. Valorizou-se, então, é justo

Júnior Amorim terá bastante tempo para aprontar a equipe que encara a Onça de Barra do Corda, além de recuperar atletas que estão entregues ao Departamento Médico do clube. “Vamos dar continuidade ao trabalho que vinha sendo desenvolvido até pelo fato de nós termos a mesma filosofia”, disse Amorim.

No comando técnico tricolor, João Brigatti esteve por quatro vezes à beira do gramado, com duas vitórias, um empate e uma derrota. Essa derrota custou ao Sampaio a eliminação da Copa do Brasil, para o time do Águia Negra, de Mato Grosso do Sul.

Em 2019, o treinador chegou na metade da Série C e conseguiu chegar à final da competição nacional e deu o acesso à Série B do Brasileiro. Foram 15 jogos, 4 empates e três derrotas. Juntando toda a passagem do treinador pelo Tricolor entre 2019 a 2020, foram 19 jogos, 10 vitórias, cinco empates e quatro derrotas, com aproveitamento de 61,4% de aproveitamento.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Esportes
Polícia
Mais Notícias