COPA DO BRASIL

Sampaio tem missão “quase impossível”

Tricolor encara o Palmeiras, em São Paulo, e precisa vencer com dois gols de diferença para continuar na Copa do Brasil. Vitória simples decide em chutes da marca penal

JOGADORES DO TRICOLOR MARANHENSE REALIZARAM O ÚLTIMO TREINO COM BOLA E SEGUIRAM VIAGEM PARA A CAPITAL PAULISTA

O Sampaio Corrêa tem hoje sua mais difícil missão nesta temporada. O Tricolor vai tentar o que nenhum clube conseguiu neste primeiro semstre: derrotar a poderosa equipe do Palmeiras, e em seus próprios domínios, na capital paulista. O jogo tem seu início marcado para as 20h e vale pela Copa do Brasil, oitavas de final.

Como os palmeirenses venceram a primeira partida disputada no Castelão, no último dia 22, pelo placar de 1 a 0, o Tricolor necessita da vitória ao menos por um gol de diferença para levar a decisão por meio das cobranças de ‘tiros livres direto da marca penal’. Para ficar com a vaga, direto, o time maranhense terá que ganhar o jogo por dois gols de diferença. A equipe comandada por Felipão está há seis jogos sem tomar gols.

O técnico Julinho Camargo, técnico boliviano, disse antes de viajar para São Paulo, que sua equipe será cautelosa, por reconhecer que vai enfrentar a melhor equipe do futebol brasileiro na atualidade. Sem poder contar com Patric Calmon, que ainda se recupera de uma lesão, Camargo manterá Felipe Dias na lateral-esquerda. A novidade na defesa será a volta do zagueiro Douglas Assis, que ocupará a vaga de Vitor Bafana, impedido de participar do jogo por ter ficado no banco do Joinville na primeira fase da competição. O atacante Welder está na mesma situação. 

A única dúvida antes da viagem era o meia Eloir, com lesão na panturrilha. Esquerdinha está de sobreaviso. O provável time: Andrey; Everton, Moisés, Douglas Assis e Felipe Dias; Diones, Dedé, Eloir, Cleitinho e João Paulo; Salatiel Júnior. O Palmeiras não divulgou oficialmente ontem a formação inicial. A previsão é de um público superior a 30 mil torcedores na Arena.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias