JIU-JITSU

Meninos de projeto social são campeões em Mundial de Jiu Jitsu

Campeonato BJJ Mundial de Jiu Jitsu ficou recheado de medalhas maranhenses. Os meninos lutaram com garra para garantir títulos de campeões

Atletas do Instituto

Ainda há quem acredita que o esporte pode mudar vidas. No Campeonato Mundial de Jiu Jitsu PRO 2018 que aconteceu nos dias 25 e 26 de agosto, o Maranhão lutou bravamente e voltou para casa com várias medalhas de ouro.

Várias academias maranhenses compareceram ao evento, entre elas o Projeto Social Kerigma Jiu Jitsu. Esse projeto social ensina a arte macial gratuitamente para crianças e adolescentes na Forquilha, em parceria do Instituto Social e Cultural Kerigma e a academia Guigo Jiu Jitsu Maranhão. Igor Ferreira de 16 anos é faixa branca, mas já tem dois ouros mundiais nas categorias Pesado e Absoluto Juvenil. Assim como João Salles de 17 anos que levou bronze na categoria Juvenil Pena e lutou com muita garra pelo ouro contra um adversário maior que ele na categoria Juvenil Leve .

São dois meninos talentosos que estão apenas no começo de suas carreiras esportivas, como o Kalleb Couto de apenas 8 anos que já é vice campeão mundial na categoria Infantil Pesado e faixa cinza.

O Instituto ficou em 30º lugar na competição de 107 academias. A pontuação da academia também se deu por conta de outros atletas que não ganharam medalha, mas representaram muito bem o estado como Giovanna Couto- faixa azul juvenil, Yuri cruz- faixa marrom master, Wellington Júnior – faixa preta adulto. Para arrecadar dinheiro para a ida dos atletas foram feitos eventos como aulões de jiu jitsu.

Outra academia que trouxe ouro para o Maranhão foi De La Riva Jiu Jitsu da Academia Galpão da Luta. Leo Gladson é faixa preta e campeão mundial na categoria Sênio 2 Super Pesado. Gladson Jean Martins ganhou uma medalha de ouro e Carlos Alberto duas medalhas de campeão nas categorias Super Pesado e Pesadíssimo.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS