FUTEBOL

Sampaio enfrenta o CSA após título do Nordestão

Sampaio Corrêa encara o CSA no Estádio Rei Pelé, em Maceió, na luta para sair da situação de perigo no Campeonato Brasileiro. Só a vitória pode evitar que o time entre na zona de rebaixamento

Reprodução

Acostumado a enfrentar grandes obstáculos e vindo de uma conquista memorável (campeão da Copa do Nordeste) o time do Sampaio Corrêa tem hoje mais um grande desafio: derrotar o CSA–AL, segundo colocado na Série B do Campeonato Brasileiro, em seus próprios domínios.

O Tricolor entra em campo às 21h30, no Estádio Rei Pelé, disposto a conseguir impor uma derrota ao time alagoano e subir de 15 para 18 pontos, afastando-se da zona de rebaixamento. Com vantagem apenas no saldo de gols, o Sampaio tem o mesmo número de pontos do CRB, primeira equipe da entrada do Z4.

Por sua vez, o Centro Sportivo Alagoano, é o vice-líder da competição com 25 pontos, quatro a menos que o Fortaleza, ocupante do primeiro lugar. Mesmo que saia vencedor, ainda assim não deverá alcançar o Fortaleza, que joga em contra o Atlético–GO. O representante de Alagoas só foi derrotado três vezes nesta competição, empatou quatro e venceu em sete oportunidades. Seu ataque balançou as redes adversárias 22 vezes e a defesa deixou passar 15 bolas.

O Sampaio Corrêa, que se encontra na décima 16ª posição, tem quatro vitórias, três empates e seis derrotas. Marcou seis gols e sua defesa também foi vazada 15 vezes, isto é, a mesma quantidade de vezes do adversário. Disso pode se aproveitar o ataque tricolor para arriscar os arremates e melhorar a artilharia boliviana.

Além de brigar por uma vitória, o Sampaio já entra em campo sabendo do resultado parcial da partida entre CRB e Boa Esporte, que jogam às 20h30. Uma vitória do Clube de Regatas Brasil–AL deixa os tricolores na obrigação de vencer o CSA, caso contrário, estará entrando na zona perigosa.

O Tricolor pode ainda encerrar essa rodada na décima segunda posição, caso vença seu jogo em Maceió e o São Bento perca em casa para a Ponte Preta de Campinas–SP, às 18h. Nesse caso, o Sampaio somará 18 pontos, um a mais que o representante sorocabano, que hoje é o décimo quarto colocado. A Macaca está na nona posição, com 21 pontos.

Mudanças

O técnico Roberto Fonseca não terá em campo a mesma equipe que conquistou a Copa do Nordeste. Sem poder contar com Danielzinho e Diego Silva (machucados), o treinador boliviano deverá mexer no setor de meio-campo, colocando Silva e João Paulo como substitutos. No ataque, também há uma dúvida entre Jheimy e Dalberto. O provável time do Sampaio para enfrentar o CSA é este: Andrey; Bruno Moura, Joécio, Maracás e Alyson; Willian Oliveira, Silva, Fernando Sobral e João Paulo; Uillian Barros e Jheimy (Dalberto).

Técnico confirma mudança no setor de ataque

A novidade no time do CSA deverá ser o atacante Walter que entra no time no lugar de Michel Douglas, negociado com o futebol português. Ele atuará ao lado do camisa 10 Daniel Costa pela primeira vez.

Walter vai alterar a característica do ataque alagoano, pois joga mais enfiado entre os zagueiros. Ontem a equipe realizou mais um treinamento, visando o jogo com o Sampaio Corrêa. A provável escalação será esta: Lucas Frigeri; Celsinho, Leandro Souza, Xandão e Rafinha; Edinho, Ferrugem, Didira e Daniel Costa; Niltinho e Walter.

O zagueiro do CSA, Xandão espera uma partida complicada contra o Sampaio. Para o jogador, apesar do adversário ocupar atualmente a 16ª colocação da Série B, a equipe está mais confiante e com ânimo renovado depois do título do Nordestão.
“Nós sabemos que a equipe deles está bastante motivada, independentemente da colocação na Série B. Estão motivados depois dessa conquista na Copa do Nordeste, um campeonato muito respeitado, que tem um grande peso”.

Xandão observa ainda que todo elenco do Sampaio está confiante e chega a Maceió disposto a complicar as coisas para o CSA. “Um time que consegue ganhar um título desse, ganha um ânimo novo para os próximos jogos. Foram campeões em cima do Bahia, lá dentro, estamos esperando uma equipe bastante forte, mas nos preparamos muito bem para nossa equipe não ser surpreendida dentro de casa”, disse em entrevista ao globoesporte.com

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS