QUALIDADE DE VIDA

Passeio ciclístico reuniu centenas de participantes em São Luís

Passeio ciclístico realizado pelo Sest e Senat, reuniu aproximadamente 600 pessoas, durante a manhã de domingo, na orla marítima da capital

Passeio Ciclístico

Estimular o uso da bicicleta na cidade e promover um trânsito mais harmonioso. Este foi o objetivo do evento Pedalando, edição 2015, promovido pelo Sest (Serviço Social do Transporte) e Senat (Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte). O passeio ciclístico reuniu aproximadamente 600 pessoas, durante a manhã de domingo, na orla marítima da capital. O projeto Pedalando teve como foco ainda incentivar a prática de exercícios físicos e potencializar a qualidade de vida. O evento é nacional e ocorreu simultaneamente nas demais capitais brasileiras. Segundo a organização, o evento conseguiu sensibilizar as pessoas para a importância da mudança de hábito e adoção da bicicleta como meio de transporte.

Centenas de bicicletas coloriram a Avenida Litorânea durante o passeio. Todos reforçando o estímulo ao uso da bicicleta preservando a natureza, promover também o turismo e contemplar a cidade. A organização lembra se tratar de um evento recreativo, sem caráter competitivo, no qual as pessoas devem participar com familiares e amigos em busca de diversão e interação social. O evento mostrou ainda que qualquer pessoa tem a capacidade para pedalar, independente da faixa etária. No passeio ciclístico estavam presentes pessoas de todas as idades, de crianças e jovens e também da Terceira Idade. Todos amantes de esporte e da natureza.
“Além de ser ecologicamente correto é uma forma de por em dias a saúde de maneira prazerosa, contemplando a paisagem e conhecendo mais nossos limites”, disse a enfermeira Ana Clara dos Anjos Santana, 25 anos, que há cinco participa deste tipo de evento. Para a empresária Catarina Vieira, 34 anos, qualquer tipo de exercício para o corpo faz bem e pedalar é um dos mais completos. Ainda segundo ela, pedalar movimenta todo o corpo e faz lembrar da infância. “Hoje, são poucos os que ainda mantêm esse hábito. Eventos como este são ótimos para estimular o uso deste meio de transporte”, disse ela.
A fisioterapeuta Antônia Barbosa Neves, 43 anos, diz que, ao pedalar, o ciclista exerce uma força sobre os pedais que auxilia no fortalecimento de grandes grupos musculares. “Apenas andando de bicicleta a pessoa estimula pernas, coxas e abdominais”, explica ela, que aproveitou o domingo livre para participar do evento. Ela acrescenta ainda que a atividade melhora a frequência cardíaca, acelera o metabolismo, auxilia na redução do colesterol e na perda de peso. A concentração do passeio ciclístico foi no Círculo Militar, Praia de São Marcos e percorreu a Avenida Litorânea, sentido Praça do Pescador, por volta das 8h30. O passeio encerrou retornando ao ponto de partida. O percurso foi de aproximadamente 10 quilômetros.
Exercício estimulante
Está se tornando cada vez mais uma atividade comum entre os brasileiros andar de bicicleta. O meio de transporte foi eleito pela ONU – Organização das Nações Unidas como o ecologicamente mais sustentável do planeta. Isso por ser a bicicleta uma alternativa para ir trabalhar, estudar ou para a prática de exercício nos finais de semana. Dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) apontam que, cerca de 7% dos brasileiros utilizam a bicicleta como meio de transporte principal, o que contribui para a diminuição do impacto da poluição no meio ambiente. Atualmente, diferentes projetos procuram estimular o uso de bicicletas nas cidades do país e incentivar essa atividade, que além de melhorar a qualidade de vida e diminuir o stress, colabora para outros benefícios do corpo e da mente. Os especialista orientam que, antes de começar a pedalar é importante consultar um profissional da saúde para avaliar o condicionamento e resistência física. Além disso, adquirir os acessórios necessários de proteção, como por exemplo, luvas de ciclismo, também usadas na academia, para fazer musculação.
VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias