TRILOGIA

Filme maranhense Muleque Té Doido! estreia nos cinemas de São Luís, Imperatriz e Belém

O novo longa dá continuidade à aventura onde um grupo de amigos almejavam fazer sucesso com sua banda; pré-estreia acontece hoje, no Teatro Arthur Azevedo

Reprodução

A saga da franquia Muleque Té Doido!, uma das mais divertidas comédias da produção cinematográfica maranhense, conseguiu um feito inédito. O terceiro filme Muleque Té Doido! – Mais Doido Ainda!, que tem pré-estreia hoje, às 19h, no Teatro Arthur Azevedo, só para amigos, familiares e convidados, chega amanhã nas salas de cinemas de São Luís, Imperatriz e Belém. Lançados em 2014 e 2016, respectivamente, Muleque Té Doido e Muleque Té Doido 2: A Lenda de Dom Sebastião são os antecessores da história que chega nesta semana às telonas do Maranhão  e foram recordistas de público no estado e arredores.

O novo longa segue com os quatro protagonistas Erlanes (Duarte), Guida (Júnior André), Nikima (Nikima Krakelê) e Sorriso (Marcos Santos), que dão continuidade à aventura de Muleque Té Doido 2, onde eles almejavam fazer sucesso com sua banda. Correndo atrás do seu sonho, eles encontram acidentalmente um pergaminho que leva a um tesouro escondido na ilha de São Luís, que os ajudaria a financiar a banda e alcançar a fama. O que eles não sabiam é que a cidade de São Luís e todos os seus habitantes dependiam da ajuda deles para não serem destruídos por uma criatura mitológica gigantesca. Erlanes Duarte explicou que desta vez eles precisam correr contra o tempo para salvar Luna, a filha do povo da lua. Luna será sacrificada para reviver o Rei Dom Sebastião e libertá-lo do encantamento que o transformou num grande touro negro e encantado, com uma estrela dourada na testa. E, com isso, a Ilha de São Luís mergulhará nas profundezas do oceano para sempre.

O ator e diretor revelou que o filme conta também com a participação de vários outros atores, como da turma da Companhia de Teatro Okazajo, de Imperatriz, além de Feliciano Popó, de Açailândia, do youtuber Romeu Silva e do ator Jorge Smith, que interpreta Daniel de La Touche, e da atriz Fátima de Franco, que vive a figura da lendária Ana Jansen.

A nova produção, conta com 1 hora e 30 minutos de duração, e envolveu 150 pessoas, entre atores, produtores e figurantes. Assim como nos filmes anteriores, serão mostradas as belezas naturais da cidade como praias e o Centro Histórico de São Luís. Erlanes Duarte explicou que também está nos planos dar continuidade à saga depois do terceiro. “O grande diferencial deste filme, é que o elenco está muito mais maduro, além do acabamento que recebeu um capricho maior no tratamento de imagens, trilha sonora e efeitos visuais que foi realizado por Fellipe Beckman, que é um maranhense radicado no Canadá e tem um trabalho reconhecido internacionalmente pelas maiores empresas de efeitos visuais do mundo.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS