explicação

Naiara Azevedo justifica encontro com Bolsonaro: ‘ajuda ao setor cultural’

Sertaneja criticou a falta de auxílio para profissionais da cultura durante a pandemia: ‘Eu fui em busca de apoio como cidadã e parte interessada’.

Naiara Azevedo comentou sobre o encontro com o presidente Jair Bolsonaro (PL). (Foto: Divulgação).

Em conversa com Jessilane e Natália no quarto do BBB22, na madrugada deste sábado (22/1), Naiara Azevedo comentou sobre o encontro com o presidente Jair Bolsonaro (PL), que ocorreu em janeiro de 2021. 

Na ocasião, a sertaneja compareceu a um evento governista numa churrascaria de Brasília, em que o presidente deu um show grosserias, atacando a imprensa com palavrões.

Naiara, então, relembrou que sua presença no jantar foi muito criticada nas redes sociais, que a acusam de ‘bolsonarista’. Mas justifica que o seu comparecimento foi com o objetivo de “pedir apoio ao setor cultural” , que ficou desamparado durante a pandemia.

“As pessoas que dependem de mim, todo mundo me cobrando uma posição. A culpa não é minha. Eu fui [ao evento] em busca de apoio como cidadã e parte interessada em questionar a governança “, afirmou ela.

Ela também comentou sobre outros setores que receberam auxílio e linhas de crédito nos períodos mais críticos da crise, o que não aconteceu para os profissionais da área da cultura.

“Não fui à reunião, não fui em churrasco, almoço para fazer nada com governante. Fui para ouvir e saber dos meus direitos. Eu como cidadã tenho direito de saber o que acontece e não julgar quem for, porque eu não tenho o direito de julgar ninguém. Você que é cidadão, tem que ir atrás do candidato”, finalizou Naiara, que cumpre castigo do Monstro, na primeira semana do reality.

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias