FIM DE SEMANA

Eventos movimentam o Centro Histórico

Os eventos culturais tem crescido cada vez mais na cidade São Luís. Após um ano da pandemia do novo coronavírus, pode-se aproveitar o que há de melhor na ilha

Foto: Divulgação

Quando o fim de semana chega é o momento ideal para relaxar e fazer coisas agradáveis para compensar uma semana corrida. Os eventos culturais tem crescido cada vez mais na cidade São Luís, após um ano da pandemia do novo coronavírus, pode-se aproveitar o que há de melhor na ilha.

A Rua Portugal, um dos principais cartões-postais do Centro Histórico de São Luís, apresentou até o dia 12 de setembro, o espetáculo Cidade de Porcelana, que foi em comemoração aos 409 anos da cidade. O espetáculo é encenado nas janelas do casarão, que fica entre a Rua Portugal com a Rua da Estrela. 

Na noite tem duas performances teatrais diárias, cada uma com 40 minutos de duração e com intervalo de 20 minutos entre as apresentações.

O espetáculo Cidade de Porcelana conta com toda uma decoração e uma ambientação para deixar a apresentação ainda mais especial. Globos espelhados foram instalados na Rua Portugal para compor a apresentação das personalidades, proporcionando efeito nos casarões e uma experiência única, envolvendo luzes e artes cênicas. O evento foi um sucesso e atraiu várias famílias que apreciaram o espetáculo. “Sempre tento introduzir a cultura com os meus filhos e os levei para eles apreciarem, terem gosto pela nossa cultura. O evento foi muito bonito organizado, um bom local para vim com a família e registrar o momento.” disse Fátima, uma das pessoas que passaram para ver o espetáculo.

A Feirinha São Luís é uma das maiores atrações da cidade, atraindo dezenas de pessoas no domingo. Um evento que mistura cultura, gastronomia e música, localizado na praça Benedito Leite, a Feirinha retornou em um novo formato, com espaços para crianças e pets, uma área para piquenique, diversas atrações culturais, comidas típicas e bebidas, artesanato e food truck, uma forma de fortalecer a cultura local.

Um dos expositores da feira, o artista visual Mario de Jesus, leva temas sagrados e profanos, usando elementos simbólicos convidando as pessoas a fazerem uma reflexão sobre o universo humano.

“Em meus trabalhos pictóricos, busco abordar temas sagrados e profanos, usando elementos simbólicos, convidando as pessoas a refletirem sobre o universo humano. Aproveitando a reabertura da feirinha de São Luís, neste segundo semestre de 2021, eu e outros colegas artistas visuais convidados demos início a um projeto de ocupação com uma exposição coletiva juntamente com a Galeria Trapiche no Coreto da Praça Benedito Leite. Além dessa exposição, coletiva com os artistas visuais locais também é possível encontrar, comidas típicas, barracas de horti-frutti, uma parte riquíssima em artesanato, Além de bebidas artesanais (Caldo de cana, cervejas, Coquetéis, etc), e atrações culturais, como música ao vivo e performances”, disse o artista.

Além de ser uma maneira de dar uma maior visibilidade ao centro histórico para a atividade turística, está sendo uma maneira de gerar renda aos pequenos empreendedores que, por conta da pandemia, ficaram muito tempo sem trabalhar. “A feirinha é importante para gerar renda aos pequenos empreendedores que, devido a pandemia, ficaram muito tempo sem trabalhar e que precisam desse espaço público para se reinventar em seus empreendimentos e ter visibilidade, não apenas da população local mas também de turistas que visitam a cidade. Para o âmbito cultural também é importante tanto para manter a identidade do povo Ludovicense, compreender melhor sua história e tradição, além de promover uma ótima opção de atividade turística na cidade”, falou Mario de Jesus. 

O evento é dividido por palcos, sendo eles Coreto que é instalado na praça Benedito Leite, e palco Esquina, entre a Rua de Nazaré e Rua do Egito. Suspensa desde março em virtude do agravamento da pandemia de Covid-19 na capital, a Feirinha voltou em 25 de julho e foi ampliado, além da Praça Benedito Leite (seu local original), a Feirinha vai até a Rua de Nazaré e na Rua do Egito.

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias