Padroeiro do Maranhão

Devoção e fé a São José de Ribamar

O ano de 2021, além de ser o ano Especial de São José, dedicado pela Igreja Católica, também marca os 10 anos de criação do Santuário 20 anos de dedicação do Altar Mor e vitrais.

Foto: Reprodução

Com 7 missas diárias presenciais e transmitidas pelas redes sociais do Santuário de Ribamar e rádio Educadora,  o festejo de São José de Ribamar, padroeiro do Maranhão acontece até o próximo  dia 26, – último domingo do mês de setembro. Nesta sexta-feira 17, começa a novena para o santo, após a missa das 19h, e em seguida à novena acontecerá a Live para São José. Este ano, ainda por causa da pandemia, não haverá procissões nem romarias.

O ano de 2021, além de ser o ano Especial de São José, dedicado pela Igreja Católica, também marca os 10 anos de criação do Santuário 20 anos de dedicação do Altar Mor e vitrais. O tema do festejo deste ano é “(São José) Pai à sombra de Deus”. Segundo o Padre Cláudio Roberto, Reitor do Santuário, é tema que se inspira na carta apostólica do Papa Francisco Patris corde, onde ele afirma que são José sempre agiu com um coração de pai e sempre à sombra de Deus e da sua santa vontade. “O papa também nos ensina que são José, que cuidou com carinho e protegeu com coragem criativa Jesus e Maria, livrando-os de grandes ameaças e desfeitas, há também de orar pela humanidade e por todos nós em face às dificuldades atuais que a realidade nos impõe. Por isso, pedimos a são José, servo de Deus, que interceda ao seu Filho por nós. Que possamos ser reanimados e revigorados pelo seu exemplo de santidade e por sua coragem criativa. Que a pandemia do novo coronavírus seja vencida e que haja logo a vacina para todos!”, pediu.

O papa também nos ensina que são José, que cuidou com carinho e protegeu com coragem criativa Jesus e Maria, livrando-os de grandes ameaças e desfeitas, há também de orar pela humanidade e por todos nós em face às dificuldades atuais que a realidade nos impõe“.

Ainda com restrições por causa da pandemia causada pela Covid-19, os fiéis têm sido cautelosos ao participarem das atividades. Devota de São José desde que tinha 35 anos, dona Carla Lemos, de 62 anos ainda está acompanhando as celebrações à distância, pela internet. “O importante é a gente manter sempre a fé e a devoção, pedindo a Deus que tenha piedade da humanidade e que São José interceda por nós”, disse a moradora do bairro Cohab.

As missas começam a ser realizadas às 6h da manhã, com celebrações seguidas às 9h, 11h, 15h, 17h e 19h. Toda as missas são campais e as atividades presenciais seguem de acordo com protocolos sanitários, como uso de máscara, higienização das mãos com álcool em gel, distanciamento social.

Nesta sexta-feira, 17, começa a novena de São José. No dia 19, é celebrado o dia de São José de Ribamar, reconhecido por meio de decreto estadual: 33.389-A, de 28 de setembro de 2017; e Lei Municipal de São José de Ribamar nº 1145 de 26 de junho de 2017.

Devoção e solidariedade

Além das atividades religiosas, o santuário está realizando outras de cunho solidário e social, a exemplo da Ação Social e Solidária, que acontece nesta sexta-feira, 17, das  8h às 17h, no Centro Paroquial, com consultas médicas, atendimento psicológico e fisioterapêutico. Haverá presença de enfermeiros e assistentes sociais.

Também haverá Campanha de Doação de Sangue, dia 28 de setembro, das 8h às 17h, na Praça da Matriz. Para doar basta se cadastrar na secretaria do Santuário ou pela internet acessando as redes sociais digitais (Instagram, Facebook e YouTube),  o  site santuarioderibamar.org, e também na igreja, durante as missas da novena à noite, na barraca.

As virtudes de São José

São José foi escolhido por Deus para ser o patrono de toda a Igreja de Cristo. Na mensagem do novenário deste ano, a organização do Santuário de Ribamar disse que este ano São José será celebrado com um significado todo especial. “Pois o Papa Francisco declarou, em 8 de dezembro de 2020, o ano santo dedicado a São José, que se estenderá até 8 de dezembro de 2021. Neste ano, o Papa Francisco nos convida a celebrar com toda a Igreja os 150 anos em que o Beato Papa Pio IX declarou São José Padroeiro da Igreja Católica no mundo inteiro”.

São José é um dos santos mais populares no mundo. É o protetor da Igreja Católica e padroeiro dos trabalhadores e das famílias.

A história sagrada apresenta José como sendo um homem humilde, justo e, de profissão, carpinteiro. São José acolheu de forma misteriosa, dócil e obediente, a escolha de ser pai adotivo de Jesus Cristo. Era descendente do rei Davi, viveu em Nazaré, na Galileia, e é apresentado pelos evangelistas Mateus e Lucas como o esposo de Maria, a Mãe de Jesus.

As homenagens a São José de Ribamar, no Maranhão, iniciaram ainda no século XVII, quando se registra a fundação da cidade. “Quando os primeiros padres chegaram a São José de Ribamar, por volta de 1618, já encontraram as imagens da Sagrada Família recebendo homenagem dos índios que viviam no lugar”, conta o pesquisador Antônio Miranda.

Porém, o primeiro registro de uma grande romaria só surgiu em 1821. No ano de 2001, as imagens de São José de Ribamar foram levadas para São Luís, a fim de passar por restaurações. Na oportunidade, a comunidade ribamarense, unida aos romeiros e peregrinos, realizou a primeira grande romaria, que mais tarde receberia o nome de “Caminho de São José de Ribamar”.

“Quando os primeiros padres chegaram a São José de Ribamar, por volta de 1618, já encontraram as imagens da Sagrada Família recebendo homenagem dos índios que viviam no lugar.”

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias