CORONAVÍRUS

No Maranhão

2623
306952
267991
8681
RELIGIÃO

Católicos celebram Nossa Senhora de Fátima

Nas igrejas e paróquias dedicadas à Santa, a programação começa às 7h com missa solene

Reprodução

Dentro do mariano mês de maio a Igreja Católica celebra, neste dia 13 a festa de Nossa Senhora de Fátima. Trata-se de uma das maiores invocações marianas espalhadas pelo mundo e veneradas por este título. Essa devoção se iniciou no dia 13 de maio de 1917 quando três crianças cuidavam de um pequeno rebanho na Cova da Iria, em Fátima, Portugal. Os pastorinhos chamavam-se: Lúcia de Jesus, 10 anos, Francisco e Jacinta Marto, seus primos de  9 e 7 anos (ambos já canonizados).

No estado, comunidades, igrejas e paróquias celebram este dia com as tradicionais missas que ocorrem ao meio-dia, horário das 3 aparições de Fátima aos pastorinhos. Nas igrejas e paróquias dedicadas à Santa, a programação começa às 7h com missa solene, como é o caso da Comunidade Nossa senhora de Fátima do Cohatrac III. Às 12h tem mais uma missa e às 17h30, terá uma carreata pelo bairro do Cohatrac. Às 19h, será o encerramento com missa solene e coroação. As missas também serão transmitidas pela internet.

Devota de Nossa Senhora de Fátima, a servidora  pública estadual Maria Luísa Pinto, cumpre todo ano a promessa para a santa. Ela se veste de azul e branco, como o manto da santa. “Quando eu tinha 20 anos nós tivemos um problema muito sério na família, de saúde. E eu roguei a Fátima, que se ficasse tudo bem, no ano seguinte eu cumpriria a promessa. Deu certo e até hoje, com quase 30 anos depois que fiz a promessa, eu estou aqui usando branco e azul no mês de maio, no mês mariano”, disse. A aposentada Maria Ângela dos Santos acompanha as missas mensais que são realizadas todo dia 13 ao meio dia, na comunidade que frequenta, no Jardim América. “O dia 13 é muito especial. Dia de aparição da Santa, dia de milagres e, mesmo nesse período de pandemia, eu dou um jeito de acompanhar a missa pela internet ou pela TV”, disse.

As  Aparições – As aparições de Nossa Senhora de Fátima se repetiriam no dia 13 de cada mês até outubro e, durante esses encontros, as crianças rezavam o rosário e recebiam revelações de Nossa Senhora. À medida que as crianças recebiam as visitas de Nossa Senhora, a notícia se espalhava e cada vez mais atraíam peregrinos ao lugar. Trazida pelos imigrantes portugueses, a devoção a Virgem de Fátima rapidamente se tornou uma das devoções marianas mais populares no Brasil.

Os fiéis costumam organizar novenas ou trezenas em honra deste título de Nossa Senhora e apesar de não ser dia santo de guarda, muitos fiéis vão à missa neste dia.

Bairro de Fátima em homenagem à Santa

Você sabia que o  Bairro de Fátima ganhou esse nome depois que a capela de Nossa Senhora de Fátima foi erguida em um terreno baldio em seu ponto mais alto, em 1954?. No ano anterior, a imagem da santa percorreu toda a América do Sul, tendo sido o Brasil o último país a ser visitado. O bairro já era habitado há mais de 10 anos: chamava-se Cavaco, por conta de uma serraria que funcionava em uma casa coberta por pedaços de madeira.

Nos primeiros anos, a capela de Nossa Senhora de Fátima ficou sob os serviços do Monsenhor Frederico Chaves, assistido pela Paróquia de São Vicente, na pessoa do Padre Antonio Fontoura. Em seus primeiros dias, a capela foi orientada pelos frades capuchinhos da Igreja do Carmo, que desenvolviam uma programação que incluía a celebração da Santa Missa às 6h e minicursos para Batismo, Primeira Eucaristia e Matrimônio.

A cada dia 13, a capela era visitada por representantes da Colônia Portuguesa, que participava da celebração e passou a ofertar voluntariamente donativos. O primeiro vigário chegou ao Bairro de Fátima em 1958: era o Padre Benedito Chaves, primo do Monsenhor Frederico.  A festa da padroeira começou com a finalidade de angariar fundos para a capela. O festejo era encerrado com uma procissão – cultura religiosa tradicional em nosso país –, que percorria quase todo o bairro.

VER COMENTÁRIOS
Entretenimento e Cultura
Esportes
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias