CORONAVÍRUS

No Maranhão

7780
194800
186542
4330
NATAL

Tempos de pandemia: Cartinhas para papai Noel só pela internet

Campanha deste ano será lançada hoje (19), em São Luís, e foi adaptada em função da pandemia, para assegurar a realização de sonhos de milhares de crianças

Reprodução

Já está todo mundo, especialmente as crianças, se perguntando, e as cartinhas para Papai Noel? Ano após ano a tradição se mantém com crianças alimentando sonhos de ganhar um presente do “bom velhinho”.E há mais de 30 anos, os empregados dos Correios, comovidos com as mensagens escritas em letrinhas recém-aprendidas ou transformadas em desenhos coloridos que chegavam até a empresa, decidiram começar a tirar esses sonhos do papel. Nascia aí uma das campanhas de solidariedade mais tradicionais: o Papai Noel dos Correios. Este ano a campanha vai ser diferente. Como tudo em 2020, por causa da pandemia de Covid-19, também a campanha teve que se adaptar e este ano vai ser diferente, para poder continuar  atendendo as milhares de crianças em todo o Brasil, como vem fazendo há 3 décadas. As cartinhas serão recebidas de forma virtual, assim como a adoção dos pedidos das crianças, que será 100% online e digital, por meio do Blog do Papai Noel dos Correios.

O lançamento da campanha, em São Luís, será nesta quinta-feira, 19,  às 9h30, no hall da agência Central dos Correios, na praça João Lisboa. Na oportunidade será ainda realizado o lançamento da emissão de natal 2020.

Como assim? Não vou mais escrever e manter a tradição de escrever a cartinha de próprio punho? Essa tradição vai ser mantida sim. Acontece que as cartas deverão ser escritas e depois fotografadas ou digitalizadas para serem enviadas ao Blog da campanha. A imagem deve estar nítida para que a mensagem possa ser lida e compreendida pelo Papai Noel.  A iniciativa, além de estimular as crianças a escreverem cartas, propaga também os valores natalinos, como solidariedade e esperança.

As cartas que atenderem aos critérios estabelecidos pela ação serão disponibilizadas para adoção no Blog da campanha. A iniciativa também contempla cartinhas enviadas por alunos da rede pública (até o 5º ano do ensino fundamental) e por crianças acolhidas em creches, abrigos e núcleos socioeducativos.  Podem participar da campanha crianças de até 10 anos de idade em situação de vulnerabilidade social. Além das cartinhas das crianças da sociedade, desde 2010 os alunos de escolas públicas são convidados a também expressarem seus desejos ao Papai Noel. A campanha estimula as crianças no desenvolvimento de redação de cartas, prática que permite valorizar a escrita e o interesse pelo aprendizado escolar.

Adoção online

Não haverá exposição das cartinhas em postos e agências do Correio. Este ano, atendendo aos protocolos sanitários de prevenção à Covid-19 e para evitar aglomerações, o apadrinhamento das cartas será feita somente pela internet, por meio do Blog do Papai Noel dos Correios. Ao acessar é só clicar em “Adotar Agora”; com base na localidade informada, que serão disponibilizadas as cartinhas e as sugestões de locais para entrega dos presentes. Os padrinhos receberão no e-mail cadastrado a confirmação da adoção. Para visualizar as cartinhas adotadas, basta acessar a página de adoção online pelo Blog e clicar na seção “Minhas Cartas”. Já a entrega dos presentes será feita presencialmente. Os pontos de entrega devem ser consultados também no Blog da campanha. As datas, locais e horários de funcionamento dos pontos de entrega podem variar . Todas as informações estão disponíveis no endereço http://blog.correios.com.br/papainoeldoscorreios. “Em um ano tão atípico, marcado por algumas imposições como o distanciamento social, mais do que nunca os sentimentos de fraternidade e união precisam ser fortalecidos e disseminados. Toda a sociedade pode participar dessa imensa corrente do bem que une esforços da empresa, empregados e voluntários para atender, dentro do possível, aos pedidos de presentes daqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade social”, convida a coordenação da campanha.

Mais do que nunca os sentimentos de fraternidade e união precisam ser fortalecidos e disseminados

Nos últimos dois anos pelo menos 15 mil crianças receberam presentes por meio da campanha no Maranhão. Algumas cartinhas tem pedidos simples, inusitados…Além de brinquedos, tem criança pedindo um panetone, uma blusa de frio para a avó, caderno lápis e borracha para estudar. Os Correios se encarrega de entregar.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Esportes
Polícia
Mais Notícias