CORONAVÍRUS

No Maranhão

7780
194800
186542
4330
CENTRO

Prefeito Edivaldo entrega Mercado das Tulhas totalmente reformado

Equipamento integra conjunto de 10 mercados públicos da cidade que estão sendo construídos ou ampliados, ; local foi reformado respeitando as características originais

Reprodução

O prefeito Edivaldo Holanda Junior reinaugurou, ontem (19), o Mercado das Tulhas (Feira da Praia Grande) após ampla reforma estrutural. Com as obras, o mercado foi modernizado, todos os boxes foram melhorados e o local ganhou nova cobertura, piso, instalações hidráulicas, elétricas, entre outras melhorias que foram feitas respeitando as características originais do espaço que tem importância histórica, cultural e turística para a cidade. Este é o terceiro equipamento entregue na gestão do prefeito Edivaldo que está realizando a maior intervenção nos mercados públicos da cidade, por meio do programa São Luís em Obras. Outros sete mercados seguem em obras e serão entregues até o fim do ano

Durante a reinauguração, o prefeito Edivaldo ressaltou a importância do mercado para a cidade. “Estamos entregando o Mercado das Tulhas totalmente reformado, dando dignidade aos feirantes e conforto para os frequentadores, seja a população de São Luís ou turistas. Durante a reforma, modernizamos a estrutura e recuperamos suas características originais, garantindo a preservação do patrimônio histórico e cultural.

O Mercado das Tulhas integra a maior intervenção já realizada nos mercados públicos de São Luís. São 10 mercados beneficiados. Já entregamos Coroadinho, que foi totalmente reconstruído, e Anil, que foi ampliado. Com isso, teremos um antes e depois da rede de mercados públicos da nossa cidade com equipamentos modernos, higienizados e oferecendo melhores condições de trabalho para os feirantes e mais saúde para a população”, destacou o gestor que mantém serviços nos mercados do São Francisco, Monte Castelo, Bom Jesus, Cohab, Santa Cruz, Vila Bacanga e Santo Antônio.

REFORMA

No Mercado das Tulhas foi reformada toda a estrutura de sustentação, isto é, as pilastras de concreto, bem como todo o telhado. Grades e portões de entradas foram recuperadas, desenferrujadas e repintadas. 

Os boxes foram reformados e padronizados com piso novo, paredes revestidas de cerâmica, forro e novas instalações elétricas, hidráulicas e até sistema de tubulação de gás de cozinha, no caso dos comerciantes que vendem refeições e lanches. Ele também foi totalmente adaptado para garantir acessibilidade universal para pessoas com deficiência.

“Diferente dos demais mercados que estão passando por intervenções na gestão do prefeito Edivaldo, o Mercado das Tulhas fica em área tombada com patrimônio, por isso, o trabalho executado aqui foi de recuperação de toda a estrutura já existente. Foi executada reforma completa do mercado. Desde o telhado até o piso, passando por todas as estruturas necessárias para garantir o bom funcionamento do espaço e dar segurança e conforto aos feirante e frequentadores”, informou o titular da Semosp, Antonio Araújo.

Foi instalada uma caixa d’água de 10 mil litros, para servir a todo o mercado, embora muitos boxes tenham feito, individualmente, instalações para armazenar água potável. Também foi refeito todo o piso das áreas de circulação, sistemas de drenagem e de esgoto, luminárias e pintura geral.

O local também conta agora com uma sala para administração geral e monitoramento das câmeras de segurança, posicionadas nos quatro portões de entrada do mercado. Em cada via de acesso, também foi instalado um sistema de hidrantes (que não havia antes) para auxiliar o Corpo de Bombeiros em caso de incêndio. Além disso, também foi instalada uma sala para servir de base para o Batalhão de Polícia Militar de Turismo (BPTur).

Feirantes agradecem restauração

A reforma estrutural do Mercado das Tulhas agradou aos feirantes, que há décadas aguardavam pela execução destes serviços. Aradiane Pacheco trabalha no local há 21 anos. Ela é dona de uma barraca de venda de artesanato e disse que a entrega marcou o fim de uma longa espera. “A gente vinha sofrendo muito por causa das condições do mercado. Havia muita reclamação dos consumidores. Muita gente deixava de frequentar o mercado porque o espaço estava precário. Agora, tudo vai melhorar já que estamos recebendo um mercado novinho”, comentou.

Quem também ficou muito feliz com a obra foi “dona Bacabal”, como é conhecida a aposentada de 98 anos moradora do Centro Histórico. Ela agradeceu com entusiasmo a obra realizada pela gestão do prefeito Edivaldo. “Ficou muito bonito”, disse entusiasmada.

Feirante no local há 26 anos, Júlio César Araújo disse que a obra foi uma mudança radical. “O mercado estava muito feio, desorganizado. Era vergonhoso receber turista de todo o mundo com as condições que a gente tinha. Agora vou atender a todo mundo com muito orgulho”, disse o vendedor de produtos típicos como farinha, castanha, geleia, doces, licores e outros.

HISTÓRIA, CULTURA E TURISMO

O Mercado das Tulhas é o mais antigo mercado de São Luís. Ele foi construído no início do século XIX. As obras da estrutura original que daria origem ao mercado tiveram início em 1804 e todo o espaço foi concluído nos moldes que se conhece atualmente em 1865. Também conhecido como Feira da Praia Grande ou Casa das Tulhas, era inicialmente um conjunto de barracas destinadas a celeiro público, no Centro de São Luís.

Hoje, o local é tombado pelo Governo Federal e fica na área considerada Patrimônio Cultural da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) desde 1997. Por conta disto, o projeto de manutenção e reparação da edificação segue padrões rígidos para manter os elementos construtivos originais do espaço, conservando o bem cultural que é um dos principais atrativos turísticos da cidade por reunir diversos produtos típicos desde a gastronomia até o artesanato.

A recuperação da região central de São Luís é uma das prioridades da gestão do prefeito Edivaldo, que já devolveu à cidade diversos espaços totalmente reformados como o Parque do Bom Menino, Praça da Bíblia, Estádio Nhozinho Santos e a Escola Municipal de Música, em casarão totalmente recuperado na Rua do Giz. Estão passando por obras de reforma estrutural as praças da Saudade, da Misericórdia e o conjunto formado pelo Largo do Carmo, Praça João Lisboa, Rua de Nazaré e entorno. Ainda na região central está sendo executada a urbanização da Fonte do Bispo, entre outras obras importantes.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Esportes
Polícia
Mais Notícias