CORONAVÍRUS

No Maranhão

787
55680
29518
1360
ESPETÁCULOS

Veja como os shows estão voltando no mundo durante a pandemia do Covid-19

Lá fora, nos Estados Unidos e em alguns países da Europa, os drive-ins estão despontando como tendência

Reprodução

As lives online foram mesmo uma grande ideia para os músicos ao redor do mundo continuarem na ativa durante a quarentena. Agora, quando já se fala em uma flexibilização do isolamento social, é hora de elaborar melhores logísticas e planejamentos para que os shows ao vivo, aqueles de verdade, possam voltar a  acontecer com segurança. Lá fora, nos Estados Unidos e em alguns países da Europa, os drive-ins estão despontando como tendência.

Veja como alguns lugares pelo mundo estão fazendo para assistir algumas apresentações ao vivo na nova realidade:

Buzina é o novo aplauso

Os shows em drive-ins já são uma realidade nos Estados Unidos e na Europa. Recentemente, o cantor country Keith Urban fez um show em um estacionamento de Nashville em que havia cerca de 125 carros.

O evento foi parte da Citi Concert Series, da promotora Live Nation. A empresa, que viu uma queda de 25% na sua receita de shows no primeiro trimestre de  2020, anunciou também uma série de apresentações com diversos artistas chamada “Drive-In Live”, que vai passar por quatro cidades dinamarquesas durante o verão europeu. Até o estacionamento do aeroporto de Copenhagen vai ser transformado em um espaço para shows.

Em junho, o time de baseball Texas Rangers vai realizar uma série de shows de quatro artistas no estacionamento do estádio em Dallas. Os ingressos custavam US$ 40 (cerca de R$ 216) por carro ou US$ 80 (cerca de R$ 432) por uma área VIP em vagas em frente ao palco, e se esgotaram rapidamente.

Fritação de dentro do carro
Saudades de uma festa de música eletrônica? A boate alemã Index criou o evento Autodisco, que é basicamente uma rave no carro. Com o limite de duas pessoas por veículo e a música transmitida pelo rádio, o estacionamento da casa, com cerca de 250 vagas, virou uma festa comandada pelo DJ Devin Wild.

Ouvindo pelo rádio

Em entrevista ao programa “Encontro com Fátima Bernardes”, o cantor gospel André Valadão contou como foi o show que ele fez no estacionamento de uma igreja nos Estados Unidos. “A gente pegou uma antena de rádio, de frequência FM de curta distância, no estacionamento da igreja. Então, todo mundo dentro do carro, ouvindo em tempo real o áudio da mesa de som. Tivemos um tempo maravilhoso, foi incrível, mais de 1.000 pessoas ali.”

Próxima »1 / 3
VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Notícia Boa
Checamos
Polícia
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias