DIVERSÃO

Samba nas Alturas: entre o céu e a terra na Ilha do Amor

Roda de samba que acontece em um lugar inusitado em São Luís terá como atrações os grupos Feijoada Completa e Argumento.

Reprodução

Uma roda de samba diferente, que faz a mistura das tradições africanas, envolve alguns aspectos da cultura portuguesa, reforçando o estilo musical afro-brasileiro. Em vez dos tradicionais palcos e terreiros, uma vista área panorâmica de toda a cidade. Assim promete ser o Samba nas Alturas, idealizado por Mário Moraes e João Marcelo, neste sábado (13), a partir das 21h, no Rooftop Marcus Barbosa, na Avenida dos Holandeses, Calhau.

Grupo Feijoada Completa será uma das atrações do Samba nas Alturas em São Luís

Assim como na edição anterior, o tom da festa será dado pelos grupos Feijoada Completa e Argumento, além de outros convidados que prepararam um repertório com os grandes sucessos que representa a identidade do Brasil no exterior.  “É um samba em lugar inusitado com uma vista deslumbrante de 360º da ilha de São Luís com visão para o mar, para a cidade antiga e para a cidade nova. Um lugar onde realmente merece ter um samba com beleza e estilo como o nosso Samba das Alturas. Quem for terá o prazer de contemplar a cidade, no único samba do mundo entre o céu e a terra ”, explicou Mário Moraes, um dos organizadores do evento.

A festa tem início com  o  grupo Feijoada Completa, que vem se destacado na cena do samba no Maranhão que transita entre o samba de “modinha” com clássicos nacionais, entre eles, Chico Buarque, Monarco da Portela, entre outros valorizando o legítimo samba de raiz que deu  origem as tradicionais rodas de samba no Brasil.  Outra atração será  o Grupo Argumento que tem como marca versões de grandes sucessos populares tanto da música brasileira  quando  internacional, com uma pegada própria que lhe é peculiar. Os Ingressos do Samba nas Alturas estão a venda na Bilheteria Digital e loja Santê, na Av. dos Holandeses.

Sobre o Samba de Roda

O samba de roda surgiu na Bahia, no século XVII, embora seus primeiros registros datem de 1860. Hoje, ele é patrimônio e herança cultural da cultura afro-brasileira. Esse estilo está intimamente relacionado à roda de capoeira, que envolve música e lutas, e aos orixás, entidades espirituais africanas. Atualmente, essa manifestação artística está presente em todas as partes do Brasil. Na Bahia, é no Recôncavo baiano que esse ritmo é mais popular.

Esse tipo de samba brasileiro surgiu de um estilo musical africano, o semba, que foi trazido para o Brasil com a chegada dos escravos angolanos. Vale a pena ressaltar que o samba de roda foi incluído em 2003 no Livro de Registro as Formas de Expressão, e em 2005, passou a ser Patrimônio Imaterial da Humanidade, tendo sido considerado Obra-Prima do Patrimônio Oral e Imaterial da Humanidade pela Unesco.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias