SÃO JOÃO 2019

Com 1.300 apresentações, começa o São João nesta quarta-feira (19) em São Luís

Público poderá se divertir nos três principais arraiais da cidade: Ipem, Maria Aragão e Nauro Machado.

Reprodução

Mais de 400 artistas e grupos. Cerca de 1.300 apresentações. É assim, com muita diversidade, incluindo atrações maranhenses e de outros Estados, que o São João do Maranhão começa nesta quarta-feira (19), em São Luís. É uma variedade que faz deste o maior festejo junino do país. 

Na prática, o São João já está nas ruas e na agenda do maranhense desde o início do mês. Mas é nesta quarta que começa a intensa temporada oficial montada pelo Governo do Maranhão.

São três arraiais: Ipem, Maria Aragão e Nauro Machado. “Vamos mostrar para todo o Brasil a força do nosso Estado, da nossa cultura, a beleza do nosso povo, as cores do nosso São João”, disse o governador Flávio Dino, que visitou nesta terça-feira (18) a estrutura do Ipem, incluindo a nova atração da festa: a Vila Junina.

Trata-se de uma espécie de vila cenográfica que recria a fachada de oito casas de cultura do Estado, além da Igreja da Sé. São eles: Casa de Cultura Josué Montello, Casa do Divino de Alcântara, Casa do Tambor de Crioula, Biblioteca Benedito Leite, Forte Santo Antônio, Museu do Reggae, Palácio dos Leões e Teatro Arthur Azevedo.“Nós inovamos com as bandeirinhas do Centro Histórico; e aqui no Ipem trazemos mais essa novidade”, afirmou o secretário de Estado da Cultura, Diego Galdino. “Divulgando essas casas no Arraial do Ipem, a gente consegue alavancar a visitação nesses locais”, acrescentou.

O espaço foi pensado para fotos e passeios, além de mostrar o rico universo da história, tradição e cultura do povo maranhense.“Será mais um belo São João, que é uma marca da nossa cultura, da nossa população. Agradecemos por essa grande festa que o Governo do Maranhão faz na nossa cidade”, afirmou o prefeito Edivaldo Holanda Jr. 

Comida

O Arraial do Ipem tem 29 barracas de comidas típicas, 11 food trucks, 11 bike food, sete cervejarias artesanais, 30 vendedores ambulantes e decoração especial com as famosas bandeirinhas mosaicos. A estrutura tem três palcos: um principal para shows, outro para atrações folclóricas, e mais o Barracão do Forró, cujo palco será temático com cenário simulando a fachada do Centro Cultural do Engenho de Pindaré-Mirim.  O Arraial do Ipem terá ainda espaço exclusivo para programação infantil, onde a garotada poderá se divertir a partir das 17h.

Segurança

O secretário de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela, disse que “todos os locais terão policiamento no entorno para garantir não só a tranquilidade de quem está nas proximidades do palco, mas também para quem está chegando e saindo”.

De acordo com o secretário de Turismo, Catulé Jr, o atendimento ao turista está sendo reforçado em diversos pontos: “A expectativa é que o número de visitantes à nossa capital ultrapasse os 150 mil, então estamos preparados para recebê-los da melhor maneira possível”.

Emprego e renda

Além da festa e da cultura, o São João também agita a economia. “Temos dois grandes objetivos: a valorização da identidade do povo do Maranhão, representado por sua riquíssima cultura; e a ativação da economia da cultura”, afirmou o governador. 

“Para nós, o São João é um investimento que traz um retorno significativo para a imagem do nosso Estado, pela movimentação econômica de uma larga cadeia que já está funcionando desde as prévias juninas”, acrescentou Flávio.  

Programação

O São João do Maranhão terá 12 dias de festas com uma média de seis apresentações por noite, de 19 a 30 de junho. Além do Ipem e Praça Maria Aragão, o centro histórico também receberá atrações sempre às sextas-feiras e sábados na Praça Nauro Machado, às quartas na Casa do Tambor de Crioula, e às sextas na Praça dos Catraieiros.

O Arraial da Praça Maria Aragão contará com mais de 100 atrações em 12 dias de festividades. O evento abre nesta quarta-feira (19) com show do cantor nordestino Alceu Valença, apresentação de bumba boi e grupos culturais. O evento na Maria Aragão terá, ainda, no último dia do arraial, a presença da cantora Elba Ramalho, fechando as festividades juninas nesse espaço.

No arraial do Ipem, Chambinho do Acordeon, Santanna, o Cantador e Rita de Cássia são atrações confirmadas. Além dos grupos nordestinos, o espaço terá shows com artistas locais e mais de cem grupos da rica e diversa cultura popular do Maranhão. Além dos arraiais oficiais, o São João do Maranhão acontece, também, nos bairros da Cidade Operária, João de Deus, Anil, João Paulo, Liberdade, Anjo da Guarda e Largo de Santo Antônio.

Outra atração que faz parte do calendário junino são os festejos tradicionais: Encontro de Danças Portuguesas e Manifestações Culturais (28 de junho), São Pedro (29 de junho), São Marçal (30 de junho), Encontro de Miolos de Boi (12 de julho) e Festival de Zabumba (13 de julho). Estes eventos também receberam apoio do Governo do Estado

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias