LANÇAMENTO

Dj e rapper maranhense Enme lança seu primeiro EP “Pandú” nesta sexta-feira (17)

O lançamento acontecerá na Praça Nauro Machado, a partir das 21h

O EP Pandú estará disponível nas plataformas digitais 17 de Maio

Após lançar Juçara (2019) com Brunoso, considerado um grande hit de carnaval pelo site da MTV Brasil, Enme apresenta o EP Pandú com seis faixas inéditas disponíveis nas plataformas digitais dia 17 de Maio.

O lançamento contará com um show ao vivo nesta sexta-feira (17), às 21h, na Praça Nauro Machado do Centro Histórico, encerrando a programação da Semana de Combate a LGBTFobia.
Após o show, a festa continua na Boate Observatório, às 23h na after party do lançamento com Djs e performances.

As faixas do EP Pandú são produções do Brunoso, Sandoval Filho, Fabregas Music e Joe Joeezy, sendo finalizado em Angola através da gravadora Sotaque. O EP ainda conta com participação da cantora Maya Black na música Neguinho e um remix de Sarrar na versão 150bpm como faixa bônus, que foi liberada para download antecipadamente.

Foto Divulgação: Pandú

Desde seus primeiros lançamentos, Enme sempre evidencia sua influência do Hip Hop. Neste trabalho, a artista contou com a preparação vocal de Samuel Rebouças, buscando melodias mais envolventes que mostrassem sua inspiração nas cantoras de R&B. Trazendo uma sonoridade única que reúne afrobeat, bahia bass, trap, samba e ritmos regionais, Pandú é o primeiro material musical completo da cantora, gravado, produzido e distribuído pelo selo Sotaque.

A capa de Pandú foi desenvolvida pela equipe da Cazzu Br em parceria com a gravadora Sotaque, com direção criativa de Johrdam, direção de arte de Neto Martins, make up por Ezequiel D’Castro, Francisco Bruno como assistente de produção, fotografia de Amanda Aramaki e João Pires como assistente de fotografia.

O EP Pandú estará disponível nas plataformas digitais 17 de Maio

Conheça Enme Paixão

Enme é uma artista queer maranhense, formada em publicidade que iniciou sua carreira produzindo a Baddest, um projeto que visa o protagonismo de jovens negros LGBTQ, onde produziu o show da Karol Conka, Rico Dalasam e o festival “AFROntamento”. Desde 2014 buscando criar um espaço de discussão social e disseminação da arte, Enme também é rapper, dj, compositora e dragqueen.

Em 2017, Enme lançou seu primeiro trabalho musical. Composição autoral intitulada Revis, em parceria com o produtor Brunoso e a vocaloide Frimes. Também participou de um dos albuns maranhenses mais aclamados, o Bordel de Amianto, onde aparece na faixa Vilania, de VINAA. Com a repercussão de seus lançamentos, foi selecionado para apresentar sua música no maior festival de música do estado, o BR 135, onde fundou o projeto Show QUEER , que reunia quatro artistas LGBTs como vocalistas e um DJ. O show foi aclamado pela revista Rolling Stone Brasil como “uma ode de diversidade que mostrou a força local e coesão nacional do Festival BR 135″. A apresentação do grupo surpreendeu pela energia, recorde de público e o discurso afiado, sendo considerado “um dos shows mais ovacionados pelo público” de acordo com a Revista NOIZE.

Revis

Em 2018 lançou sua primeira música autoral Sarrar, que mistura ritmos africanos com funk em parceria com Butantan e produção de Brunoso.  Logo na sua primeira semana, estreou entre as dez mais ouvidas do estado no stream Spotify, de acordo com o Volts Chart, disputando as primeiras colocações com Revis, do mesmo produtor.  Sarrar tomou proporções nacionais levando Enme a produzir o videoclipe que trouxe não só a super produção visual independente mas também discussões acerca do racismo e do protagonismo negro.  

Sarrar

Em suas parcerias, Enme aparece em Tão Sexy do cantor Aslan, em La Fora do Jefferson Carvalho, e em Somos Queer, com Alladin, Only Fuego, Butantan e Frimes. A faixa Somos Queer entrou em destaque na playlist nacional LGBT no Spotify. Como integrante do Show Queer, Enme já se apresentou em grandes palcos como o Pátio Aberto , do Centro Cultural Vale Maranhão, o Festival das Rendas na Raposa e no Aldeia Sesc Guajajaras, encerrando a programação do festival. No Prêmio Eu Faço A Diferença, Enme, com três indicações na categoria Música do Ano, realizou a performance mais aclamada da noite com sua música Sarrar, acompanhado de trinta bailarinos e dando início as suas apresentações solo.

Músicas Lançadas

Revis –  https://www.youtube.com/watch?v=HchXLUseJD4

Sarrar – https://www.youtube.com/watch?v=ZP6sbuNU2Us

Vilania – https://www.youtube.com/watch?v=G-JJUeFu6KY

Tão Sexy – https://www.youtube.com/watch?v=G68sQ7GqF3Q

La Fora – https://www.youtube.com/watch?v=gvKW93SBHDs

Somos Queer – https://www.deezer.com/br/artist/6908407

Juçara  – https://www.youtube.com/watch?v=YTB37xK5yDA



VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias