MÚSICA

Yhago Sebaz lança o clipe “Você bagunçou comigo”, no Cine Praia Grande

Estética do clipe que será lançado quarta-feira (1) conta com referências de cantores internacionais como Rihanna e George Michael, além dos filmes John Wick e Raw

Reprodução

Relações abusivas não se limitam a um gênero ou preferência sexual e podem surgir inicialmente como grandes paixões. Esse foi o ponto de partida para Você Bagunçou Comigo, novo single do cantor e compositor maranhense Yhago Sebaz em parceria com DJ Allvdin que chega às plataformas de música digital e ganhou o clipe Você Bagunçou Comigo. O lançamento será nesta quarta-feira (1), no Cine Praia Grande, às 19h com entrada gratuita. A faixa é um pop alternativo misturado com trap e sofrência trazendo, num clima de melancolia, a sinceridade de se abrir como num livro.

Segundo Yhago Sebaz, clipe tem inúmeras referências. As principais inspirações são os clipes de artistas internacionais como o da cantora Rihanna, na música Needed Me, o cantor Geroge Michael em White Light, os filmes John Wick onde a história se concentra em John Wick, um assassino aposentado que busca vingança pelo roubo de seu carro e a morte de seu cachorrinho, um presente de sua esposa recentemente falecida e Raw, que nasceu embebido de polêmicas desde o seu lançamento no Festival de Toronto em 2016 onde conta a lenda, que várias pessoas passaram mal ou desmaiaram durante as sessões. além da série Black Mirror, no episódio San Junipero.  

Yhago Sebaz ressalta que o clipe apresenta um visual cyberpunk para a estética final do videoclipe.O trabalho conta com direção de Jessica Lauane, produção por Juliana Mendes e Paula Ribeiro, direção de fotografia por Marcelo Cunha e direção de arte por Júlia Veras. O clipe de Você Bagunçou Comigo é uma produção totalmente independente com parte da equipe técnica composta por ex-alunos do curso de Produção Cinematográfica – IFMA em parceria com a Clockwork Filmes.

Sobre o artista

Yhago nasceu e se criou em São Luís, onde tem uma trajetória artística desde a infância. Cresceu no teatro e na dança e descobriu a paixão pela música durante a adolescência. Em 2014, lançou o álbúm #NegoBeats, que enaltecia a música negra e trazia elementos da musicalidade maranhense.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias