ENTRETENIMENTO

Preços dos planos da Netflix aumentam no Brasil

Todos os planos terão reajuste de preço. O mais caro passará a custar R$45,90. Preços já estão em vigor para novos assinantes.

Reprodução

A Netflix, empresa de streaming de filmes e séries mais popular no Brasil, reajustou, nesta quinta-feira (14), os valores cobrados nos serviços de streaming no Brasil.

O plano mais simples, que é o mais barato, custava R$ 19,90 e agora passa a custar R$ 21,90. Esse plano dá direito ao usuário assistir os filmes em apenas uma tela, não podendo assistir em dois locais simultaneamente, e também não inclui assistir em Alta Definição (HD).

O plano em que se pode assistir simultaneamente em duas telas e possui a qualidade de imagem em HD, aumentou o preço de R$ 27,90 para 32,90. O plano que oferece mais vantagens ao usuário e também é o mais caro, possui a possibilidade de assistir em quatro telas simultâneas e imagens em UltraHD, aumentou seu preço de R$ 37,90 para R$ 45,90.

O aumento nos valores é imediato para aqueles que vão realizar novas assinaturas, estando válido desde ontem (14). Os usuários que já são assinantes do serviço perceberão que a mudança no valor será gradual e dependerá do ciclo de assinatura de cada membro. Os assinantes serão notificados do aumento por e-mail e também pelo aplicativo.

“Mudamos nossos preços de tempos em tempos para continuar investindo no melhor do entretenimento, além de melhorar a experiência da Netflix para nossos membros no Brasil”, informou a companhia em comunicado.

Confira abaixo os novos preços:

  • Básico: R$ 21,90
  • Padrão: R$ 32,90
  • Premium: R$ 45,90

Em janeiro, a empresa aumentou os valores das assinaturas nos EUA e em outros países nos quais a cobrança é feita em dólares americanos. Na época, já se especulava que essa mudança poderia chegar no Brasil e em outros países da América Latina. Além do Brasil, usuários no México também terão aumento.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias