ARTE E SOLIDARIEDADE

Miss Beleza Sênior do Brasil participa de ações sociais na ilha

Anecy Oncken, Miss Beleza Sênior do Brasil é destaque durante ação social que vai ajudar os idosos em São Luís.

Reprodução

Música, dança, arte e muita solidariedade em prol dos idosos atendidos pelo Projeto Casa do Pão, trabalho social realizado pelos frades capuchinhos do Convento do Carmo pertencente a Igreja de Nossa Senhora do Carmo, no Centro Histórico.  A ação solidária promovida pela produtora cultural, Amara Lucena, que teve como palco o Teatro Alcione Nazaré, contou com a presença da Miss Beleza Sênior do Brasil Anecy Oncken, além Rainha do Carnaval Vip, Tânia Lima e da Miss Maranhão Mundial 2019, Sophia Diniz.

Apresentaram-se no evento bailarinos da Expressar Cia Dança,  da Cia de Dança Pulsar,  Meninas Show,  bateria  da Escola de Samba Turma da Mangueira. Na oportunidade aconteceu  a homenagem a dois motoristas da empresa Primor Osvaldo Cabral Matos e Fredson Cutrym Frazão, pelo tratamento dado aos usuários de transporte público da capital maranhense, em especial com os idosos.

Segundo Amara Lucena, o ingresso cobrado foi um quilo de alimento não perecível, que serão doados para o Convento do Carmo para abastecer a dispensa do local.  Amara Lucena contou a O Imparcial, que esta é uma forma que encontrou para contribuir para uma melhor terceira idade dos idosos atendidos pelo projeto. “A gente sabe que ser feliz na terceira idade depende de vários fatores, mas principalmente da forma como o idoso se percebe nessa fase da vida e da sua capacidade de se adaptar as mudanças e transformações próprias do envelhecimento. Por isso, que apoiamos as atividades de assistência social e espiritual realizada pela Casa do Pão, que oferece semanalmente alimentação à população carente”, contou Amara Lucena que ressaltou a importância histórica do Convento do Carmo. Ela acrescentou que o local abriga um acervo de documentos, que fora organizado há mais de um Século: crônicas, cartas, relatórios anuais, Atas dos Capítulos da Diocese, fotografias, documentos de secretaria, livros, e um museu de arte sacra, referentes à história dos frades capuchinhos no Maranhão.

Para Antônia Soeiro Barroso que prepara o almoço há mais de onze anos é uma honra participar do projeto. Ela é a única remunerada pela instituição, os demais são voluntários.  “Eu não vejo dificuldade em fazer este trabalho. Faço isto por prazer”, disse a cozinheira, explicando que depois que os idosos almoçam, é a vez dos colaboradores do convento.   Já o voluntário Mauro José, professor de música que trabalha como voluntário desde criança nas comunidades atendidas pelos frades que oferecem também  oficinas de artesanato, de ensino religioso, e canto e coral.

A Miss Beleza Sênior do Brasil Anecy Oncken, que participou da ação solidária na ilha, afirmou que esta é uma causa que deve ser abraçada por todos. Ela lembrou que as pessoas esquecem que vão envelhecer e que é preciso ter um olhar para esta camada da população brasileira. “Estou muito feliz em estar mais uma vez em São Luís mostrando para as pessoas que a terceira idade é também uma fase importante da vida. è importante é promover ações para que estas pessoas se sintam parte da sociedade”, disse Anecy Oncken.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias