Carnaval 2019

Entrevista Diego Galdino: Um carnaval para maranhenses e turistas

Secretário de Estado da Cultura exalta o sucesso do carnaval e reafirma o tipo de planejamento da festa, pensado para divertir foliões de todo o Brasil

Reprodução

O carnaval de São Luís está em pleno vapor. Até a terça-feira, 5, cerca de 250 atrações locais e nacionais se apresentarão nos 12 palcos dos circuitos oficiais da capital maranhense distribuídos em pontos na Madre Deus, Beira Mar, Lagoa da Jansen. A exemplo do ano passado, artistas nacionais somam aos da terra para abrilhantar o Carnaval de Todos.

A estreia do Circuito Beira Mar é hoje a partir das 15h, com Banho de axé com blocos Afro, Piratas da Ilha, Bloco Lamparina Com Chico Cesar e Lucy Alves, Show Viviane Brasil, Trio do Jacaré, Trio Marabloco Elétrico, Trio Sou do Povão, Trio Blocão do Nina, Trio Jegue Folia, Trio Sds, Trio Confraria do Copo, Trio Vamu di Samba, Trio Blocão do Bicho e Tatau, ex-integrante da Banda Araketu. O circuito começa na Praça Maria Aragão e termina na Casa do Maranhão.

Na programação deste domingo, além das atrações da Beira Mar, tem programação na Madre Deus, nos pontos Praça da Saudade, Vila Gracinha, Beco do Gavião, Casa das Minas, Largo do Caroçudo e Ceprama, e Lagoa da Jansen.

Após especulações de deixar a Secretaria de Estado da Cultura, o titular, Diego Galdino, reforça o trabalho que vem sendo feito na pasta, e em entrevista a O Imparcial, fala sobre o carnaval e diz que a gestão da pasta é dinâmica com foco na economia criativa e na geração de emprego e renda. “O que eu posso dizer é que o trabalho continua e que nós vamos continuar trabalhando com planejamento para desenvolver a cultura e fomentar a economia criativa”.

Confira a entrevista ponto a ponto com o Secretário de Estado da Cultura, Diego Galdino.

Carnaval 2019

“É fruto de muita organização, muito planejamento, com uma estrutura capaz de receber o turista, o maranhense, as pessoas que optaram por ficar na cidade e que vão curtir o carnaval do Maranhão. Estou muito feliz em contribuir para a economia criativa do estado e poder gerar emprego e renda nesta época, em que o Brasil encontra-se em crise, mas o Maranhão vem na contramão desenvolvendo os projetos para gerar renda e emprego para a população”.

Intercâmbio

“A diversidade do carnaval maranhense é muito grande. São mais de 260 apresentações nesse carnaval, com predominância dos artistas maranhenses, e entre eles, alguns artistas nacionais para fazer esse intercâmbio musical valorizando a cultura do Maranhão. São apresentações na Madre Deus, Beira Mar, Ceprama, Passarela do Samba, fazendo esse intercâmbio, mas com um mix que só o Maranhão consegue fazer e proporcionar um carnaval lindo, belo, como foi nos anos anteriores”.

Critérios

“Essas atrações nacionais foram convidadas por artistas maranhenses, a exemplo da Lucy Alves e Chico César, pelo grupo Lamparina; o Tatau, que queria participar do carnaval do Maranhão; o Moraes Moreira, convidado pelo grupo Criolina; o grupo Argumento convidou o Dudu Nobre, o Arlindinho; a Flávia Bittencourt convidou a Vanessa da Mata, fechando com chave de ouro o carnaval do Maranhão. Foi mais um convite dos maranhenses para esses artistas, para fazer esse intercâmbio e para curtir uma grande festa”.

Gestão

Tivemos um sucesso muito grandes nos 4 anos que se passaram. Conseguimos transformar o carnaval, o São João, abrir editais, regular o Fundo de Cultura, fazer grandes obras como os faróis, os antigos faróis da educação que agora são Farol do Saber. Temos obras em andamento como o prédio da Rffsa, então temos diversas obras espalhadas por todo o estado, e isso tudo fruto de um trabalho de planejamento.

Equipamentos culturais

“Nosso planejamento é fazer mais quatro anos de obras, de inaugurações de casas de cultura, como foi o Museu do Reggae, o Forte Santo Antônio, e esperamos contribuir mais com a cultura do Maranhão, principalmente com a cultura criativa e a geração de emprego e renda que é o grande viés da cultura maranhense.
Após o carnaval estaremos na cidade de Pedreiras trabalhando o Memorial João do Vale, construindo, elaborando um projeto e entregando ainda este ano. Se Deus quiser também entregaremos ainda este ano o grande equipamento cultural da Rffsa, que será um dos mais belos locais de visitação do país”.

Sectur x Secma

“A Sectur (Secretaria de Estado de Cultura e Turismo) era uma pasta mais robusta agregando cultura e turismo. Agora tivemos a oportunidade de separá-la. É bom para o segmento. O Governador Flávio Dino trouxe o Catulé Júnior para assumir a Secretaria de de Estado do Turismo, que é um grande amigo, grande parceiro, vamos trabalhar em conjunto. E como avalio? Sou um soldado. Onde o governador precisar do meu trabalho eu estarei à disposição. Houve esse comentário de que eu sairia da pasta, mas eu sempre tive focado na cultura. O futuro a Deus pertence, então se o governador precisar, estarei à disposição”.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias