MÚSICA

Pitty faz show no Círculo Militar, em São Luís

Cantora baiana apresenta na ilha os sucessos que marcaram a sua trajetória e os hits como Te conecta, que fazem parte do repertório da turnê que está circulando o país

Reprodução

Após um hiato de sete anos sem pisar em São Luís, Pitty terá encontro especial com fãs maranhenses. A cantora apresenta-se nesta sexta (18), às 21h, no Círculo Militar, na Avenida Litorânea. O show será aberto pelas bandas Raiz Tribal, Cruz de Metal e pelo DJ Kyssifux. Na ilha, Ptty vai apresentar ao público a sua nova turnê, Matriz, que estreou no ano passado em um formato mais intimista e com nuances diferentes de tudo já produzido pela cantora.

Por ser uma turnê fora da estratégia de divulgação de um disco, o setlist é mais híbrido e flexível. Além dos sucessos Admirável chip novo, Memórias, Me adora, Na sua estante e Sete vidas, músicas que não foram singles como I wanna be, Um leão e Temporal ganharam um espaço na apresentação, o que leva o público ao delírio, tanto nos shows como nas redes sociais, nos grupos de discussão sobre a artista.

Com a proposta de surpreender, a nova turnê trouxe a esse show alta tecnologia, maior interatividade e mais intimismo com os fãs. A cantora fará em determinada hora do show um set acústico, no qual os músicos ficarão sentados em três bancos de madeira, forrados por um pano de estampa mística no centro do palco, bem próximo ao  público. Pitty senta no centro, e, ao seu lado, o baixista Guilherme e seu guitarrista Martin. Juntos, tocam Teto de vidro, seguido de Temporal. Geralmente, nesse momento, um cover também é tocado, um deles pode ser Ovelha negra, de Rita Lee ou ainda uma versão de Metamorfose ambulante, de Raul Seixas, ou algum clássico de Bob Marley, o Rei do reggae, uma vez que a cantora apresenta-se na Jamaica Brasileira.

O ápice deste set é quando ela canta Dançando, música do Agridoce, projeto paralelo de Pitty e Martin (guitarrista), que rodou o Brasil em 2012 e 2013 com músicas folks. A cantora será acompanhada ainda pelos músicos: Paulo Kishimoto (teclados) e Daniel Weksler, (ex-baterista do Nx Zero e marido de Pitty).

Sobre canções inéditas, no setlist, entram as novas: Te conecta – um reggae lançado no início da turnê no Spotify – e Contramão – parceria com Emily Barreto e Tássia Reis lançada no final do primeiro semestre do ano. A cantora explica sobre a turnê em uma das falas do show: “A ideia desse show é lembrar da Matriz da banda. Do comecinho mesmo, quando comecei a compor com meu velho violão em Salvador”. Ela completa falando sobre o novo álbum: “Por isso, conforme fizermos as novas músicas, adicionaremos no set, não é uma turnê para divulgação de disco”. Depois de São Luís, a baiana seguirá para Belém (PA), dando continuidade à turnê.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias