CULTURA

Público terá a oportunidade de apreciar exposição assinada por Dan Frei

Serão duas exposições, uma assinada por Dan Frei e a outra sobre a tradição dos presépios, com vários artistas e artesãos maranhenses

Reprodução

As exposições Prelúdio das Certezas: A Linearidade das Indiferenças, do artista visual Dan Frei, e Presépio Artístico 2018: Uma Tradição que se Renova!, com trabalhos de grandes artistas e artesãos maranhenses, estão em cartaz na Galeria Antônio Almeida e Sala Maia Ramos, do Palacete Gentil Braga (Rua Oswaldo Cruz, 782-Centro), em São Luís. A visitação poderá ser feita até 6 de janeiro, das 8h às 12h e das 14h às 18h, de segunda a sexta-feira.

Em sua nova exposição, que foi contemplada pelo Edital de Ocupação do DAC-Proexce-UFMA 2017, Dan Frei apresentará onze desenhos produzidos em tinta sobre papel, lápis sobre papel, carvão sobre papel kraft e guache e grafite sobre papel. Entre os temas abordados, estão figuras humanas, paisagens e pássaros. Os presépios artísticos mantêm a tradição da religiosidade e cultura cristã maranhense, neste período de Natal. São trabalhos feitos em diversos materiais

Dan Frei retrata as divergências sociais e o cotidiano sob uma ótica surrealista, apresentando situações de adversidade, envolvimento e contrastes, sem deixar de transmitir o lado poético. A mostra Prelúdio das Certezas: a linearidade das indiferenças é composta por obras confeccionadas com a técnica de grafite sobre o papel, carvão e objetos modelados em argila, o que contribui para uma visão tridimensional das experiências retratadas. Além disso, cenários e referências  de São Luís são usados como ponto de partida, relacionando a distinção entre o conservador e o contemporâneo.

A mostra propõe ainda a discussão sobre as relações de trabalho e outras formas de sobrevivência na cidade. “É a primeira vez que exponho o meu trabalho e a minha expectativa é que cada pessoa veja o reflexo do seu dia a dia, da superação de cada momento de dificuldade em sua rotina”, revela o artista Dan Frei.

Grupos escolares e comunitários que desejarem agendar visitas monitoradas com a participação dos artistas podem entrar em contato com a equipe do DAC pelos telefones 98 3272 9361 e 9362 ou pelo site: www.cultura.ufma.br. “As duas exposições apresentarão ao público trabalhos criativos, produzidos com muita criatividade, técnica e sensibilidade de destacados artistas visuais locais”, disse Fernanda Pinheiro.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias