CORONAVÍRUS

No Maranhão

4762
167948
158492
3664
PANDEMIA

Aulas da UFMA retornam de forma híbrida; veja como funciona

O período de realização do semestre 2020.1 é do dia 14 de setembro ao 19 de dezembro de 2020

Foto: Reprodução.

Na última segunda-feira (14), a Universidade Federal do Maranhão (UFMA) realizou a acolhida aos estudantes do primeiro semestre de 2020. O retorno acadêmico foi definido após reunião do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, no dia 17 de julho. Na ocasião foi aprovada a  Resolução nº 2078, que regula o ensino emergencial remoto ou híbrido na universidade durante a pandemia do novo coronavírus.

O período de realização do semestre 2020.1 é do dia 14 de setembro ao 19 de dezembro de 2020. De acordo com a pró-reitora de ensino Isabel Ibarra, os docentes tem autonomia para decidir os ajustes necessários dos componentes curriculares que lecionam ou lecionarão. No entanto, é recomendado que após seis meses de intervalo entre março, quando começou o semestre letivo de 2020, e agora, o docente deverá iniciar do zero, considerando que o planejamento das aulas será diferente no formato remoto e que pode haver novos estudantes matriculados nos componentes curriculares ofertados.

Ensino remoto e híbrido, como funcionam?

Segundo a pró-reitora, os componentes curriculares que são ofertados por meio do ensino remoto serão realizados com o apoio das tecnologias digitais, através de plataformas como a do SIGAA e por aplicativos que possibilitem as aulas virtuais, a exemplo do Google Meet e do Google Classroom. Já os componentes oferecidos na modalidade híbrida também utilizarão as tecnologias, mas as aulas ocorrerão de forma remota e presencial. No caso das aulas presenciais, obedecerão às normas e ao protocolo sanitário da Universidade e a autorização do Comitê de Operações Emergenciais (COE-UFMA).

Isabel Ibarra ainda ressalta que as aulas presenciais ocorrerão, excepcionalmente, em alguns cursos com menos alunos para obedecer ao distanciamento social. A maioria dos cursos tem planejado a oferta dessas aulas presenciais para os meses de novembro ou dezembro.

Protocolo sanitário deverá ser cumprido nas aulas presenciais

Ainda de acordo com a pró-reitora de ensino, o coordenador do curso deverá enviar um memorando para a Superintendência de Infraestrutura (SINFRA), com cópia para a Reitoria e a Proen, informando quando serão realizadas as aulas. Além disso, as aulas deverão obedecer ao protocolo sanitário da Universidade:

  • As aulas devem ser com turmas menores
  • Deverá haver espaçamento de 1,5 m entre uma cadeira e outra
  • Todos deverão usar máscara
  • O espaço deverá ser aberto e ventilado

Estágios obrigatórios e utilização de laboratórios

Os estágios também poderão ser ofertados no formato remoto ou híbrido.

Isabel Ibarra ainda destaca que o uso de laboratórios seguirá o mesmo protocolo de funcionamento dos laboratórios de pesquisa que estão em funcionamento. Além disso, recomenda-se que o professor grave as aulas práticas e mantenha revezamento dos estudantes com a finalidade de garantir o distanciamento social.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Checamos
Polícia
Mais Notícias