10, 11 e 12 de agosto

Barreirinhas será palco do 10º Lençóis Jazz e Blues Festival

A primeira etapa do circuito terá início na próxima sexta-feira, com shows e ofinas. No fim de semana seguinte é a vez de São Luís receber o evento

Reprodução

Após o lançamento com o show “Tudo é Jazz”, da carioca Leila Maria, no teatro Arthur Azevedo, no último dia 27/07, em São Luís, a programação da Décima Edição do Lençóis Jazz e Blues Festival terá início em Barreirinhas na próxima sexta-feira, 10.

A primeira etapa do circuito acontece a partir das 9h com a oficina de música ministrada pelo gaitista Jefferson Gonçalves, no salão paroquial da Igreja Matriz, em Barreirinhas. A partir das 20h15, na Av. Beira Rio, a programação de shows é aberta com Renato Serra Quarteto (MA). Depois continua com o show de Lô Borges (MG). Jefferson Gonçalves e Gustavo Andrade (RJ/MG) encerram a primeira noite do festival com muito blues.

No sábado, 11, o festival prossegue com as atrações: Delcley Machado Convida Amaro Freitas (PA/PE) às 20h15; Pablo Fagundes e Crystilez (DF/EUA) às 21h20; e Adriano Grineberg (SP) finalizando às 22h30. No domingo, 12, subirão ao palco às 20h15 – Juarez Moreira (MG); às 21h20, Silvana Agla (RJ) e encerrando o Circuito Barreirinhas, às 22h30, Fauzi Beydoun(MA) com um repertório que inclui blues e outras surpresas. E para fazer a festa nos intervalos da programação a dj Vanessa Serra (MA) vai dar um show com um repertório eclético e a sua discotecagem analógica nos três dias do evento.

Circuito São Luís

No fim de semana seguinte, nos dias 17 e 18 de agosto, o festival desembarca na capital maranhense onde terá como palco a Concha Acústica Reinaldo Faray, na Lagoa da Jansen.

Na sexta-feira haverá shows de Gabriel Grossi (DF), às 20h15, João Donato (RJ) às 21h20 e encerrando a noite, às 22h30 uma velha conhecida do público do Lençóis Jazz e Blues Festival, Taryn Szpilman (RJ). No sábado, será a vez de subirem ao palco, às 20h15 – Pedrinho Figueiredo e Samuca (RS), às 21h20 – Hamilton de Holanda (DF) e 22h30 – Ed Motta (RJ).

Palco Mundo

A grande novidade do festival na edição de 2018 é o Palco Mundo que será montado na área externa da Concha Acústica da Lagoa, em São Luís.

No local, a programação terá início às 18h, com grandes nomes da música maranhense. Na sexta-feira, dia 17, subirão ao palco – Wendell Cosme “Ritmos e sons” (18h), às 19h é a vez do grupo Norjazztinos e, às 23h30, tem show de Dário Ribeiro. O Movimento Cidade apresenta Neiva e Félix (Djs) encerrando a primeira noite (00:00h). No dia 18, sábado, será a vez de Quarteto Crivador (18h), Josué Costa e Trio (19h), Daniel Lôbo (23h30h) e o encerramento fica por conta do Movimento Cidade apresenta Neiva e Félix (00:00h).

Programação paralela

O aniversário de 10 anos do festival será marcado pela realização de um total de 4 oficinas de música, sendo duas em cada circuito e  uma palestra, em São Luís, além da Praça Gourmet e da Feira da  Lagoa (Feira de Artesanato Maranhense) em São Luís e da Exposição fotográfica “10 ANOS DO LENÇÓIS JAZZ E BLUES FESTIVAL”, em Barreirinhas e São Luís.

Jam sessions

O festival vai contar ainda com as tradicionais Jam sessions. Elas serão realizadas em Barreirinhas nos dias 10 e 11 de agosto, a partir de 00:00h, no Bar Z18, que fica localizado na Avenida Joaquim Soeiro de Carvalho, nº 580, Centro, próximo à agência de turismo Costa Leste Ecoaventura. O valor da entrada será de R$10,00 e a jam session será conduzida por Daniel Lobo e banda nos dois dias.

Sobre o festival

O Lençóis Jazz e Blues Festival foi criado em 2009, em Barreirinhas, e passou a ser realizado também em São Luís a partir de 2011, com o objetivo de contribuir com o desenvolvimento socioeconômico dos dois municípios fomentando a indústria do turismo por meio da música e dar visibilidade aos artistas maranhenses e as belezas naturais do estado.

Ao longo dos anos, mais de quinhentos artistas locais, nacionais e internacionais já participaram do festival; setenta e dois eventos foram realizados e geraram um público estimado em cento e quatorze mil e duzentas pessoas, entre crianças, jovens, adultos e idosos.

Também já foram realizadas trinta e seis oficinas de música que beneficiaram mais de duas mil crianças e adolescentes. O festival também doou inúmeros instrumentos para a Escola de Música de Barreirinhas e beneficiou entidades filantrópicas de São Luís com doações de alimentos não perecíveis.

O festival se destaca entre os grandes eventos culturais do Maranhão por ser pioneiro em agregar num mesmo evento, teatro de rua, cinema, fotografia, caricatura, literatura, feiras de gastronomia e de artesanato. Em nível nacional é considerado um dos melhores eventos do gênero.

A Décima Edição do Lençóis Jazz & Blues Festival conta com os patrocínios da Companhia Energética do Maranhão (Cemar) e do Governo do Maranhão por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura e do Banco do Nordeste e da Potiguar por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet)/ Ministério da Cultura. Os apoios culturais são do Sesc, Fiema/Sesi, Sebrae, Foto Sombra, Tory Brindes, Clara Comunicação, Prefeituras Municipais de São Luís e Barreirinhas, com realização de Tutuca Viana Produções.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS