IMPERDÍVEL

Tião Carvalho comanda show eclético no Laborarte nesta sexta

Um show de forró eclético, com muito xote, baião, maracatu, reggae, samba, é o que o público pode esperar da noite desta sexta-feira, 2, no Laborarte, com o músico Tião Carvalho

Foto: Reprodução

O múltiplo artista Tião Carvalho está de volta ao palco do Laborarte para fazer o povo dançar com seu Forró de Gafieira, que é sucesso por onde passou em outros estados. O show terá um repertório recheado de forrós, e pode ser visto como o pontapé para as festas juninas porque transita entre carimbós, maracatus, forrós, xote, bumba meu boi, tambor de crioula, mas também passeia pelo reggae e o samba. A festa é nesta sexta-feira, 2, às 22h, no Laborarte (Rua Jansen Muller, 42, Centro), e terá discotecagem do DJ Pedro Sobrinho.

Acompanhado de uma banda formada pelos músicos Zezé Alves (flauta), Mauro Sérgio (baixo), João Simas (violão), Erivaldo Gomes (percussão), Hugo Reis (trombone), Marielle Costa/RS (efeitos e percussão), o artista pediu pra não falar muito, porque é surpresa, mas terá no repertório canções de compositores como João do Vale, Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, a velha guarda de compositores da Madre Deus, Josias Sobrinho, dentre outros autores maranhenses.
Músico, compositor, cantor, dançarino, ator, brincante, capoeirista e educador, Tião Carvalho leva para o palco um misto da cultura do Maranhão combinada às tradições dos salões de gafieira. A proposta do show é ofertar o universo da cultura popular pelo repertório autoral de Tião, acrescido de composições de renomados artistas.

“É um trabalho que venho fazendo com a proposta de botar música de boa qualidade pra dançar, ritmos variados. Um pouco para ampliar o ouvido da turma, possibilitar que o público, que está com o ouvido muito desviado, possa ouvir outros ritmos. Os artistas e músicos talvez se acomodam um pouco e trabalham com um único gênero e aí a turma acaba ficando só em um estilo. Então, nesse show teremos ritmo, dança, alegria, brincadeira, o que a música puder proporcionar”, aponta Tião Carvalho.

Forró de Gafieira é o título de uma música de Jackson do Pandeiro e que dá nome ao show. E foi essa inspiração, unida ao prazer da dança, que fez o artista idealizar o projeto e executá-lo de forma descontraída em um clima irresistível para quem gosta de suar a camisa. As experiências de Tião com grandes músicos, bandas e festivais pelo mundo afora ensejam nesse repertório encantos de quem conhece o ritmo e a dança profundamente e transformam esse show numa verdadeira festa.
O projeto casa bem com o perfil do artista que tem múltiplas habilidades na música. Não por acaso, o artista chega aos 40 anos de carreira (bem vividos, segundo ele), com a produção de projeto que vai incluir CD, DVD e shows comemorativos às quatro décadas de música. O músico fica até o dia 10 deste mês em São Luís, retornando em junho para os festejos juninos.

Pesquisador

Foto: Reprodução

Tião Carvalho, grande pesquisador dos ritmos brasileiros, foi um dos pioneiros em levar o forró para a cidade de São Paulo com o trabalho das Bandas Mafuá e Mexe com Tudo, nos anos 80, contribuindo de maneira relevante para popularizar este ritmo, antes restrito ao gosto dos migrantes nordestinos.

Fundador do Grupo Cupuaçu, do qual é diretor, realiza a festa de Bumba Meu Boi no Morro do Querosene em São Paulo desde 1986 – um ritual cíclico de três festejos anuais seguindo a tradição maranhense. Há décadas contribui para difundir a cultura popular brasileira com valores de cidadania, tendo recebido pelo seu trabalho o título de Cidadão Paulistano em 2004 e mais recentemente o Prêmio Governador do Estado de São Paulo para a Cultura 2017 na categoria Música.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS