EXPECTATIVA

Concurseiros, preparem-se: 162 mil vagas em 2018

Cerca de 30 órgãos do governo federal enviaram pedidos ao Ministério do Planejamento para abrirem concursos. Receita Estadual e Polícia Rodoviária Federal são possíveis apostas

Foto: Reprodução

Se em anos anteriores a crise financeira fez com que os governos adiassem novas contratações, a promessa é de que para 2018 o setor de concursos se recupere e volte a oferecer boas oportunidades para candidatos em busca de estabilidade e salários que podem ultrapassar R$ 22 mil.

Cerca de 30 órgãos do governo federal enviaram pedidos ao Ministério do Planejamento para abrirem concursos em 2018. Entre as apostas, está a abertura de 2.083 vagas na Receita Estadual. Desse total, 630 deverão ser destinadas ao cargo de auditor e 1.453 para analista. Os dois cargos exigem que os candidatos tenham nível superior.

Também há expectativa na Polícia Rodoviária Federal. “O órgão está sem abrir concurso desde 2013 e o sindicato da corporação já disse que, se não houver seleção, será um verdadeiro caos. Foram pedidas 2,7 mil vagas para policial”, comenta Marco Antônio Araújo Júnior, presidente da Associação Nacional de Proteção e Apoio aos Concursos (Anpac).

Na esfera estadual, estão confirmadas 1.462 novas oportunidades. Ainda no mês de janeiro, devem ser publicados os editais com 437 vagas na área de segurança, sendo 310 na Polícia Militar e 127 no Corpo de Bombeiros. Também já foi autorizado o certame da Polícia Civil, mas o total de vagas e os cargos ainda não foram divulgados. Haverá ainda processo seletivo na Secretaria de Estado da Educação (Sedu), com 1.025 vagas para professores e pedagogos, e na Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan).

Prefeituras e Câmaras também vão abrir concurso público em 2018. Na Serra, o certame será para área da Educação. A secretária titular da pasta, Márcia Lamas, informa que no início do ano será nomeada uma comissão que ficará responsável pelo levantamento de vagas e elaboração do edital. “A expectativa é de que sejam ofertadas em torno de mil vagas”, afirma a secretária.

De acordo com levantamento feito pela Anpac, em 2018, devem ser abertas 162 mil vagas em todo o país nas esferas federal, estadual e municipal. “O governo federal já sinalizou que vai abrir novos certames a partir do ano que vem. Prova disso, é o orçamento maior, o que comprova a intenção de contratar servidores. Outro ponto que indica a abertura de novas seleções é o número recorde de aposentadorias que deve ocorrer nos próximos cinco anos, algo em torno de 40%”, ressalta Marco Antônio Araújo.

Agora é aguardar os editais!

MOSTRAR MAIS