Prazo final

O carnaval passou, e os secretários que vão deixar o governo Flávio Dino para disputar as eleições de outubro já esvaziaram as gavetas e esperam apenas o chefe dar o tiro de aviso que a hora chegou. São sete secretários e dois presidentes de órgãos vinculados ao governo que estão desincompatibilizando-se. Quem falou que a […]

O carnaval passou, e os secretários que vão deixar o governo Flávio Dino para disputar as eleições de outubro já esvaziaram as gavetas e esperam apenas o chefe dar o tiro de aviso que a hora chegou. São sete secretários e dois presidentes de órgãos vinculados ao governo que estão desincompatibilizando-se.

Quem falou que a reforma se daria “logo após o carnaval” foi o próprio governador. Ele anunciou que, por uma questão estratégica, os secretários serão substituídos pelos seus respectivos suplentes. Seria temeroso trazer pessoas de fora para conduzir as pastas vagas, sem conhecimento detalhado do que se passa na programação local e global do governo.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias