Pó de mico no carnaval

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) resolveu botar pó de mico no carnaval do interior. Aprovou uma recomendação às prefeituras com salários atrasados, para que se abstenham de gastar dinheiro público com bandas carnavalescas. Se for mantida a ordem, o carnaval nos municípios ficará menor e na base da maisena, cachaça e tapioca.

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) resolveu botar pó de mico no carnaval do interior. Aprovou uma recomendação às prefeituras com salários atrasados, para que se abstenham de gastar dinheiro público com bandas carnavalescas. Se for mantida a ordem, o carnaval nos municípios ficará menor e na base da maisena, cachaça e tapioca.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias