É guerra

O governador Flávio Dino usou as redes sociais para informar aos aliados que o grupo Sarney prepara novos ataques contra o governo e sua candidatura. “Sarney está tramando um novo factoide querendo usar a Polícia Federal. Não quero crer que um delegado se preste a esse tipo de armação”, escreveu Dino. Já o ex-presidente Sarney, […]

O governador Flávio Dino usou as redes sociais para informar aos aliados que o grupo Sarney prepara novos ataques contra o governo e sua candidatura. “Sarney está tramando um novo factoide querendo usar a Polícia Federal. Não quero crer que um delegado se preste a esse
tipo de armação”, escreveu Dino.

Já o ex-presidente Sarney, no artigo semanal em seu jornal, o Estado, sai de bacamarte em punho, apontando rumo a Flávio Dino, que ele não cita pelo nome, ao compará-lo a Stalin. Ao lembrar que seu nome foi retirado das escolas públicas, Sarney diz: “Não estou irritado com isso”. Mas não é o que o texto revela. O conteúdo mostra um outro Sarney,
sem poesia – mas puro marimbondo de fogo.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias