Cozinhando o galo

São pelo menos três motivos pelos quais o governador Flávio Dino resolveu cozinhar o galo na reforma administrativa em decorrência da desincompatibilização partidária. A mudança deve coincidir com a “janela” dos trânsfugas, que abriu-se no dia 7 de março e fecha-se no dia 7 de abril. Ele prometeu mudar nove secretários, mas, até agora, nada.

São pelo menos três motivos pelos quais o governador Flávio Dino resolveu cozinhar o galo na reforma administrativa em decorrência da desincompatibilização partidária. A mudança deve coincidir com a “janela” dos trânsfugas, que abriu-se no dia 7 de março e fecha-se no dia 7 de abril. Ele prometeu mudar nove secretários, mas, até agora, nada.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias