chuvas fortes

Corpo de Bombeiros segue com monitoramento de áreas de risco no Maranhão

Sete cidades estão com situação de emergência decretada em todo estado.

Bombeiros têm garantido assistência humanitária nas regiões afetadas pelas chuvas (Foto: Divulgação).

No Maranhão, já são 1.103 famílias desabrigadas e desalojadas devido as fortes chuvas e cheias dos rios, conforme atualização do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão. O CBM/MA informa, ainda, que são sete cidades com situação de emergência decretada, sendo elas: Mirador, Grajaú, Barra do Corda, Jatobá, Paraibano, Formosa da Serra Negra e Imperatriz.

Em Imperatriz, 256 famílias estão desabrigadas ou desalojadas. Equipes do 3º BBM têm garantido assistência humanitária às vítimas e dado continuidade ao trabalho de retirada de pessoas dos locais de risco após o Rio Tocantins apresentar elevação de mais de três metros acima da cota de inundação e chegar à marca de 9,88 m.

Em Mirador, o nível do Rio Itapecuru baixa lentamente, marcando 4,67 m. Já houve diminuição acentuada do acúmulo de água nas vias públicas, porém, alguns povoados ainda estão isolados. Equipes do Corpo de Bombeiros seguem prestando o apoio ao município. Cestas básicas e medicamentos são distribuídos pelos militares e por agentes municipais.

Nas cidades de Trizidela do Vale e Pedreiras, o nível do Rio Mearim, com tendência de aumento, chegou próximo da cota de inundação, marcando 5,93 m. Como forma de resguardo, cerca de cem abrigos públicos já se encontram prontos para ocupação e Bombeiros da 13ª CIBM e agentes das prefeituras já trabalham na retirada de famílias dos locais de maior risco. 

Ação conjunta

O Governo do Maranhão, por meio de ação conjunta entre as secretarias de Estado de Governo, Casa Civil, Cidades e Desenvolvimento Urbano; Saúde, Infraestrutura, Desenvolvimento Social e Corpo de Bombeiros, tem garantido doação de cestas básicas, colchonetes, máquinas para desobstruir os locais inundados, medicamentos e o transporte de famílias e de profissionais. Os Restaurantes Populares, de responsabilidade da Sedes, também estão mobilizados para distribuir refeições.

O Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão segue executando ações de apoio nas regiões, com transporte e resgate das famílias atingidas, bem como o monitoramento constante das condições climáticas e do volume dos rios. O CBM/MA também tem prestado auxílio aos municípios para a decretação de situação de emergência.

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias