CORONAVÍRUS

No Maranhão

1239
201915
191535
4555
TRANSPORTE PÚBLICO

Negado pela justiça o pedido de interdição do Terminal da Praia Grande

A intenção do MPMA era fechar com urgência o terminal, devido a estrutura do local que precisa de reforma

Reprodução

Na última terça-feira (6), o pedido de interdição urgente do Terminal da Praia Grande, na capital, feito pelo Ministério Público do Maranhão (MPMA), foi negado pelo juiz da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís, Douglas de Melo Martins.

De acordo com o pedido feito pelo MPMA, a intenção era fechar com urgência o terminal, devido a estrutura do local que precisa de reforma. Além também da manutenção e da conservação do ambiente, para que funcione de forma segura.

Após uma vistoria feita pela Defesa Civil, em agosto, que apresentou problemas estruturais nas plataformas 3 e 4, que já haviam sido reformadas em 2019,  o Ministério Público pediu a interdição. Na última terça-feira (6), a empresa responsável pela manutenção do local, fez uma vistoria juntamente com os engenheiros responsáveis, no terminal. Segundo os responsáveis, foi constatado que não há risco estrutural nas plataformas.

De acordo com informações do Ministério Público, a decisão vai ser recorrida. Segundo eles, mesmo com obras dadas como concluídas, a gravidade dos problemas persiste e de colocarem risco a vida de quem usa o terminal.

 

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Esportes
Polícia
Mais Notícias