CORONAVÍRUS

No Maranhão

6872
89714
68655
2219
ACONTECEU DE NOVO

Vídeo: Tesoura de vento ressurge e causa estragos no bairro do Coroadinho

Vídeos feitos por moradores do Coroadinho mostram momento em que fenômeno ocorre

Reprodução

Das janelas, gritos assustados. Os moradores do bairro do Coroadinho, em São Luís, tomaram um grande susto na tarde desta segunda-feira (6), quando presenciaram a ação de um fenômeno que causou diversos estragos na comunidade.

Leia também: ‘Tesoura de vento’ quebra vidraças, derruba placas e deixa mais estragos em tarde de chuva na capital maranhense

Tampas de caixas d’água voando durante a ventania

Na paisagem, um céu escurecido e nublado. Na superfície, uma ventania sem direção aparente. Em poucos minutos, tampas de caixas d’água voavam, enquanto telhas caíam do alto das casas. “É um redemoinho que tá dando aqui no Coroadinho, olha aí! Nossa Senhora! Primeira vez um redemoinho aqui no Coroadinho!”, comentou um homem enquanto gravava um dos vídeos, assustado. Outra pessoa, que estava por perto, respondeu: “Até o forro da casa está voando, minha Nossa!”.

Algumas pessoas se espantam com a força dos ventos que destelha algumas casas

Apesar do espanto da população diante de um fenômeno da natureza e dos prejuízos causados, o que se viu não foi um redemoinho, nem ciclone ou tornado. “Esse fenômeno é muito semelhante, praticamente o mesmo que ocorreu no mês passado, no Turu“, atesta o meteorologista Hallan Cerqueira, do Laboratório de Meteorologia da Universidade Estadual do Maranhão.

Tesoura de vento e nuvens cumulonimbus

O fenômeno, conhecido como ‘tesoura de vento’ (‘gradiente’, ‘cisalhamento’ ou ‘cortante de vento’) se caracteriza por uma brusca variação de direção e velocidade do vento em uma certa distância, de acordo com os meteorologistas.

O especialista Hallan Cerqueira esclarece que a condição climática do momento favoreceu a ocorrência. “É uma nuvem cumulonimbus, que provoca esse tipo de condição de tempo. Inclusive, é esse fenômeno que costuma provocar atrasos nos aeroportos. Quando há uma nuvem CB [cumulonimbus] nas proximidades, o aeroporto praticamente cessa todos os pousos e decolagens, mas por cerca de 10 minutos apenas”, comenta.

Assim como mostram os vídeos, a ação destruidora dos ventos sem controle costuma durar mesmo poucos minutos. “É um fenômeno pequeno, em se tratando de extensão, que só varia de 1km a 4km”, afirma Hallan Cerqueira.

A forte ventania causou estragos a muitas residências no bairro

Embora rápido, o fenômeno deixou muita gente preocupada e com medo, em especial, por causa das últimas notícias nacionais sobre fenômenos climáticos, como o ciclone que devastou cidades de Santa Catarina na semana passada e a nuvem de gafanhotos anunciada recentemente, que percorre a América do Sul.

O meteorologista da UEMA tranquiliza a população ludovicense. “Como essas nuvens cumulonimbus são bastante comuns, quem trabalha em aeroportos tem uma observação específica para esse tipo de fenômeno. Mas quando acontece dentro da cidade, na área urbana, é comum haver esse tipo de comoção, as pessoas conseguem gravar, o que é até bom pra gente poder entender melhor o fenômeno. As nuvens cumulonimbus são as mais comuns que existem em todo tipo de evento extremo, associado a ventos, raios, tempestades fortes, tudo está relacionado a esse tipo de nuvem”, assegura.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Notícia Boa
Checamos
Polícia
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias