CRISE

Jhonatan Almada é exonerado do Iema

Devido críticas feitas à gestão da educação da capital, Jhonatan Almada deixa o cargo de reitor do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão.

Divulgação

O reitor do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA), Jhonatan Almada, foi exonerado do cargo na manhã desta sexta-feira (21). A saída ocorreu depois dele tecer duras críticas à educação municipal de São Luís, num artigo intitulado “A escola que não ensina”, publicado no Jornal Pequeno.

Aliado do deputado federal Bira do Pindaré(PSB), Jhonatan Almada fez um ataque direto à gestão na pasta de educação da Capital. Em seu texto, Jhonatan Almada afirmou que as escolas de São Luís “são sem livros, sem esportes, sem ciência, sem tecnologia e sem inclusão. É essa escola que serve às 3,8 mil crianças matriculadas na creche, 9,3 mil da pré-escola e as mais de 65 mil no ensino fundamental”, escreveu no artigo. 

Após o ocorrido, o reitor do IEMA (Instituto Estadual de Educação Tecnológica) disse que foi mal entendido quanto às críticas feitas à escola pública municipal de São Luís, mas não conseguiu minimizar a situação entre os aliados do governador Flávio Dino que viram no artigo um movimento político-eleitoral.

O deputado federal, Márcio Jerry (PCdoB), se pronunciou sobre o assunto em suas redes sociais. “Não há soluções simplistas nem mágicas para se resolver todos os problemas em nosso sistema educacional. Em São Luís e no Maranhão, há muitos e importantes avanços que análises mancas, descontextualizadas e exibicionistas não enxergam”, repreendeu, em postagem no Twitter. O secretário de estado da educação, Felipe Camarão, também comentou o fato. “Como gestor da rede pública estadual de educação há quatro anos, reconheço e parabenizo o esforço dos (as) prefeitos (as) e secretários (as) de educação do nosso Estado para mudar a educação maranhense”, escreveu Camarão.

Após saber de sua exoneração, Almada fez o comunicado da sua saída em grupos de WhatsApp. “Amigos e amigas. 1. Agradeço o governador pela oportunidade de servir como Secretário-adjunto, Secretário de Estado e Reitor do IEMA. 2. Foi uma honra estar ao lado de vocês em prol do povo do Maranhão. 3. Os cargos passam, a obra fica. Assim nos ensinaram Anísio Teixeira, Darcy Ribeiro e Paulo Freire. Desejo sucesso a todos!”, despediu-se Jhonatan Almada.

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias