SEGUNDO INPE

Queimadas no Maranhão representam menos de 1% do total na Amazônia Legal

Apesar da situação no Maranhão estar sob controle, um intenso trabalho de prevenção, monitoramento e combate às queimadas está sendo realizado.

Reprodução

De acordo com os dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), vinculado ao governo federal, os focos de queimada no Maranhão representam 0,6% do total registrado em toda a Amazônia Legal. A Amazônia Legal reúne os nove Estados brasileiros que têm o bioma amazônico. O Maranhão é um deles.

Ainda segundo dados do Inpe, entre os dias 1º e 27 de agosto, form registrados 27.496 focos de queimadas na região da Amazônia Legal.

Ainda de acordo com esses dados, o Maranhão foi responsável por 0,6% desses focos, com 155 registros. Isso coloca o Estado no 6º lugar no ranking de queimadas entre as nove unidades federativas.

Quem lidera essa lista no mês de agosto, é o estado do Pará, que já registrou 8.761 focos (31,9% do total). Em seguida vêm o Amazonas, com 61.44 focos (22,3%); Rondônia, com 5.351 (19,5%); Mato Grosso, com 4.473 (16,3%); e Acre, com 2.545 (9,3%).

Com menos focos de queimadas que o Maranhão, estão Tocantins, com 47 focos (0,2%); Amapá, com 16 (0,1%); e Roraima, com quatro (0%).

Monitoramento

Apesar da situação no Maranhão estar sob controle, um intenso trabalho de prevenção, monitoramento e combate às queimadas está sendo realizado.

Na terça-feira, 27, uma equipe mista do Corpo de Bombeiros e do 24º Batalhão de Infantaria de Selva (BIS), do Exército, fizeram sobrevoo em áreas com focos de queimada no Estado. Os dados colhidos no sobrevoo são usados para a distribuição de ações contra o fogo.

Os bombeiros e o Exército trabalham juntos na prevenção de queimadas. Desde a segunda-feira, 26, está montada uma sala de situação para monitorar as queimadas. É uma atividade que funciona 24 horas por dia.

Como parte do trabalho de prevenção, 150 integrantes do Exército foram capacitados desde o sábado pelo Corpo de Bombeiros do Maranhão para o combate e a prevenção de queimadas.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias