NO MARANHÃO

Bombeiros e Exército montam sala de situação para prevenção contra queimadas

Agosto é um mês de estiagem, em que há historicamente mais incidências de queimadas no Estado.

Reprodução

O Corpo de Bombeiros do Maranhão e o Exército brasileiro montaram nesta segunda-feira (26) uma sala de situação para fazer o monitoramento das queimadas no Estado. A sala tem um trabalho preventivo, já que a situação no Maranhão não está fora de controle. 

Agosto é um mês de estiagem, em que há historicamente mais incidências de queimadas no Estado.

De acordo com o coronel Célio Roberto, comandante do Corpo de Bombeiros no Maranhão, a ação será permanente daqui pra frente, e afirma que estarão reunidos enquanto durar o período crítico de queimadas.

“O Maranhão está numa situação sob controle, mas a gente não está se descuidando de que é necessário entrar com a prevenção, a fim de evitar o aumento no número de queimadas. Este é o mês de agosto, dos últimos cinco anos, em que a gente registra o menor número de queimadas no Estado ”, acrescenta. 

Capacitação 

Como parte do trabalho de prevenção, 150 integrantes do Exército estão sendo capacitados pelo Corpo de Bombeiros do Maranhão para o combate e a prevenção de queimadas.

O trabalho faz parte da continuidade de cooperação já existente entre o Exército e os bombeiros, de acordo com o tenente-coronel Luciano Sousa Filho, comandante do 24º Batalhão de Infantaria de Selva. 

“Já temos uma parceria ao longo do ano com o Corpo de Bombeiros para capacitação de nossas equipes de prevenção e combate a incêndio. Estamos aproveitando para reciclar o conhecimento do nosso pessoal”, afirma o tenente-coronel. 

Os 150 homens e mulheres que estão sendo capacitados estão prontos a responder qualquer chamado imediato que possa surgir. 

Sobrevoo

Nesta terça-feira (27), será feito um sobrevoo nas áreas onde se registram os maiores focos de queimada. 

“Estamos com todo o planejamento pronto para enfrentar esse período de estiagem de 2019. Temos o trabalho do Batalhão de Bombeiros Ambiental e as unidades operacionais do interior do Estado, que inclusive já estão trabalhando bastante no combate aos focos de incêndio em todo o Maranhão”, conta o major José Lisboa, dos Bombeiros. 

“Estamos trabalhando no sentido de prevenir. No momento, não temos a necessidade de montar a força-tarefa para pronto-emprego. Mas já estamos fazendo a preparação de todo esse pessoal para, caso seja necessário, já estar apto e capacitado para enfrentar esse combate em qualquer município do nosso estado”, diz Lisboa.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias