SEM ÁGUA

Retorno da água nos bairros de São luís será gradual

Segundo a Caema, rompimento no trecho antigo, causou falta de abastecimento desde sexta-feira (14)

Reprodução

A Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) informou que, após a conclusão dos serviços de reparo no trecho antigo, de ferro fundido, que rompeu na última sexta-feira (14), o Sistema Italuís voltou a operar as 9h30 da manhã deste domingo (16).

Leia também: Mais de 150 bairros de São Luís poderão ficar sem água nesta quarta.

Moradores no Anjo da Guarda abastecendo casas com baldes — Foto: Douglas Pinto / TV Mirante
Moradores no Anjo da Guarda abastecendo casas com baldes 

Em nota, a Caema informou ainda que as equipes trabalharam sem recesso para que a conclusão acontecesse no menor tempo possível, porém, as fortes chuvas e as características do local onde houve o rompimento dificultaram a conclusão dos reparos.

A partir do início do bombeamento, o retorno do abastecimento acontece de forma gradativa na capital.

Bairros atingidos: Apeadouro, Irmãos Coragem, Bairro de Fátima, Bom Milagre, Parque Amazonas, Alemanha, Caratatiua, Vila Ivar Saldanha, Alto da Vitória, João Paulo, Jordoa, Vila Palmeira, Barreto, Túnel do Sacavém, Santa Cruz, Vera Cruz, Cutrim, Radional, Coroado, Parque Pindorama, Parque do Nobres, Redenção, Barés, Filipinho, Sítio Leal, Sacavém, Coheb do Sacavém, Santo Antônio, Vila Conceição, Bom Jesus, Vila dos Frades, Parque Timbira, Alto do Parque Timbira, Primavera, Sítio do Pica Pau Amarelo, Coroadinho, São Cristóvão, Tirirical, Solar das Mangueiras, Parque Universitário, João de Deus, Sítio Pirapora, Vila Itamar, Parque Jaguarema, Parque Sielândia, Residencial Canaã, Alameda dos Sonhos, Vila Lobão, Parque Roseana Sarney, São Bernardo, Vila Brasil, Cohapan, Jardim São Cristóvão, Residencial João Alberto, Parque Sabiá, Jambeiro, Porto da Vovó, Sá Viana Novo, Sá Viana Velho, UFMA, Vila Bacanga, Vila Dom Luís, Vila Isabel, Vila Cerâmica, Vila Primavera, Vila Embratel, Vila Nova, Bonfim, Vila Verde, Fumacê, Anjo da Guarda, São Raimundo, Alto da Vitória, Gancharia, Vila São Luís, Vila Ariri, Vila Mauro Fecury I e II, Conjunto Taguatur.

Nota da Caema lista bairros atingidos com a falta d'água — Foto: Divulgação / Caema

A Caema não se manifestou ainda sobre a demora na retomada por completo do serviço em toda cidade.

Em bairros como Estiva, Anjo da Guarda e Bairro de Fátima alguns moradores disseram que já estavam com o abastecimento reiniciado, mesmo com a água em pequeno volume. Por outro lado, as residências em áreas elevadas nestes mesmos bairros ainda não tinham o serviço restabelecido.

Em nota divulgada na sexta-feira, a companhia apresentava 79 bairros, mas outros que não estavam nesta listagem também tiveram problemas como Cohama, São Francisco e Renascença.

O problema na adutora do Italuís, segundo a Caema, foi um “rompimento no trecho antigo, de ferro fundido, no km 56, da BR-135”, na sexta-feira, mas em alguns bairros, moradores reclamaram que o problema começou na terça-feira, como o caso do Anjo do Guarda, e outros na quinta-feira, como a região central de São Luís.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias