FÉ E DEVOÇÃO

Confira as programações litúrgicas e culturais das paróquias de São Luís

Igrejas e paróquias costumam festejar seus padroeiros com arraiais tradicionais relembrando as antigas quermesses realizadas após a missa

Reprodução

Mês de junho, festa nos arraiais, festa também em várias paróquias da cidade. Os festejos duram o mês inteiro em vários cantos da cidade. Quem quiser exercer a religiosidade e depois curtir um clima de quermesse (festas realizadas por igrejas com o objetivo de arrecadar fundos para a manutenção da igreja e promoção de ações sociais), há várias opções pela cidade, pois o período coincide com os festejos de santos padroeiros.

Após a programação litúrgica terrenos e pátios das igrejas são tomados por barracas juninas e outras estruturas para as festas juninas. Celebrações, novenas, devoção e o clima junino se misturam e o balançar das bandeirinhas dão o ar típico do interior.

As quermesses ou festejos são tradições que se mantêm forte no Maranhão. O termo “quermesse” é derivado da palavra kerkmesse (kerk=igreja; messe=feira: “feira de igreja”), da língua flamenga, que em francês passou a ser kermesse, do qual se originou o termo em português. Sua origem está ligada à religião católica. Era a festa do santo padroeiro da paróquia ou aniversário da igreja.

Na Paróquia do Sagrado Coração de Jesus (no Bequimão), o festejo tem como tema  Batizados e Enviados, e seguirá até o dia 30 de junho, com uma programação que começa às 18h30, com terço e novena, em seguida, missa, e o largo cultural para encerrar. Com mais de duas décadas de atividade, a paróquia está preparada para receber vários fiéis a participarem das celebrações e refletirem sobre o tema do festejo deste ano. As programações culturais acontecem no  pátio da igreja. Outro festejo do Sagrado Coração de Jesus também ocorre no mesmo período no bairro São Bernardo, com o tema Sagrado Coração de Jesus, fonte que jorra amor, justiça e libertação. Todos os dias, até 30 de junho, a programação começa com terço às 19h, e, após a santa missa tem a quermesse. “As quermesses, ou largos, ou festejos, são uma boa oportunidade das pessoas da comunidade se confraternizarem, dos moradores se socializarem… nos tempos idos era uma chance, das moçoilas se encontrarem com seus enamorados após a missa. Muitos casais se formaram nesses eventos”, conta a historiadora Arminda Nunes.

Comunidades festejam durante mês de junho

Paróquia de São Paulo Apóstolo (Renascença) festejará seu padroeiro de 22 a 30 de junho, envolvendo as comunidades do bairro Renascença e demais bairros vizinhos. 

Este ano, o tema escolhido foi “Aquele que vos chama é fiel (1Ts 5,24)”,  um trecho da primeira Carta de São Paulo aos Tessalonicenses, onde, o Apóstolo dos Gentios, Paulo, dá àquela comunidade por ele fundada, conselhos para que persevere no seu ensinamento.

Durante todos os dias serão realizadas celebrações litúrgicas e no período de 27 a 30 de junho haverá também o Grande Largo de São Paulo, onde as atividades artísticas e culturais no da Igreja de São Paulo Apóstolo se apresentarão a partir das 20h30. Haverá apresentações culturais, músicas, brincadeiras e vendas de comidas típicas, com o objetivo de angariar recursos destinados à obra da construção da Igreja Matriz de São Paulo Apóstolo.

Mesmo após o fim do festejo de Santo Antônio, o tradicional Largo continua. 

Neste sábado, 22, a partir das 19h tem Tambor de Crioula Mirim, Tambor de Crioula Unidos de Santa Fé, Pela Porco Riacho Seco, Grupo Piaçaba, Show César Teixeira, Bumba Meu Boi de Zabumba de Mestre Basílio, Boi Brilho de São João Novo Boi de Viana, Bumba Meu Boi da Madre Deus. No dia 23 (domingo), Histórias da Ilha – Contação de Histórias – Grupo Xama Teatro, Tambor Tijupá, Tambor de Crioula Pindarezinho de Fátima, Lelê de São Simão, Show Josias Sobrinho, Boi de Presidente Juscelino, Forró Trio Mulundus, Boi Brilhoso do Sol e Mar.

Capela de São Pedro

Capela de São Pedro recebe milhares de fiéis no dia 28 de junho em homenagem ao santo

A também secular Capela de São Pedro, no bairro da Madre Deus, faz sua programação em louvor ao santo com programações que contemplam grupos de bumba-meu-boi, tambores de crioula, dentre outros. O ápice da festa é no dia 29 quando uma vasta programação religiosa acontece o dia inteiro desde as primeiras horas da madrugada.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias