Transporte

Prefeitura de São Luís pode voltar a administrar Terminais de Integração

Empresas vencedoras dos consórcios não estão investindo a verba devida na conservação dos Terminais e podem perder a administração deles

Reprodução

Devido as condições precárias em que os Terminais de Integração de São Luís se encontram, existe a possibilidade da Prefeitura de São Luís retomar a administração dos locais.

A discussão sobre o assunto começou quando o vereador Marcial Lima (PRTB) usou a Tribuna da Câmara Municipal para tratar das condições dos terminais de integração de São Luís. Para ele, os terminais apresentam problemas estruturais e podem causar danos irreversíveis à população.

São Luís possui cinco terminais: Distrito Industrial, São Cristovão, Cohab, Cohama e Praia Grande. Em 2015, eles passaram a ser administrados pelos consórcios vencedores da licitação dos transportes.

De acordo com Marcial, os reparos estruturais são de obrigação dos empresários, mas não são realizados e a carga fica para Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT).

“A buraqueira toma de conta de todos os terminais, praticamente. Além disso, as estruturas ameaçam a população, porque não há reparos. A Prefeitura e a SMTT devem voltar a administrar os terminais”, frisou.

Segundo o secretário da SMTT, Canindé Barros, os consórcios têm a obrigação de realizar manutenção nos terminais, mas isso não está acontecendo. “A licitação prevê um valor que deve ser investidos nos terminais, mas a verba não é aplicada”, disse.

Atendendo a solicitação do vereador Marcial Lima, o secretário se prepara junto da Procuradoria do Município e da Assessoria Jurídica para reivindicar na Justiça a administração dos terminais de integração da capital.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias