PAÇO DO LUMIAR

Feirantes do Maiobão denunciam falta de condições de trabalho

Há seis anos moradores do Maiobão, bairro do município de Paço do Lumiar, aguardam pelo término da obra da feira da comunidade

Foto reprodução

Foto reprodução

Moradores da comunidade do Maiobão aguardam há mais de seis anos pela reforma da feira do município. Mas, nada foi feito e trabalhadores dizem que não tem condições para trabalhar. Segundo os moradores, a falta de infraestrutura prejudica o trabalho dos feirantes e que “há a existência de um contrato de 360 mil para ser aplicado na reforma da feira que está parada”, diz o morador Luís Carlos Nunes Rocha.

Luís Carlos diz ainda que não há lugar para os feirantes exercerem suas funções, por isso muitas barracas estão na rua. O morador ainda afirma que todos os anos muda a empresa responsável pela reforma e o trabalho nunca é concluído, prejudicando assim todos que dependem das instalações da feira para trabalhar.

“Tentei pegar a cópia do contrato de reforma na Prefeitura, para que fosse dada uma explicação para a comunidade e não foi concedido, me sinto lesado e não consigo resolver esta situação”, lamenta Luís Carlos Nunes Rocha.

Em nota a prefeitura de Paço do Lumiar informou que a licitação da empresa para fazer a reforma da Feira do Maiobão ocorreu na gestão passada. Porém, a empresa desistiu da obra, alegando que os custos aumentaram, e o contrato foi rescindido. Não foi pago nenhum valor à empresa.

Atendendo ao pedido da comunidade luminense, a Secretaria Municipal de Infraestrutura da atual gestão readequou o projeto de reforma da feira, encaminhou-o para a Caixa Econômica Federal, agente financeiro da obra, que no momento está analisando a nova proposta. “O prefeito Domingos Dutra tem insistido junto à Caixa para que o projeto seja aprovado e possa ser realizada a tão sonhada reforma, que beneficiará feirantes e consumidores do Maiobão e entorno”, diz a nota.

A prefeitura de Paço do Lumiar continua a nota dizendo que “a última informação dada à gestão é de que esta semana a Caixa enviará técnicos para fazer a última vistoria na feira para a liberação do novo projeto. Somente após essa aprovação por parte da Caixa,

a Prefeitura estará autorizada a licitar uma nova empresa para executar a reforma. Após a licitação, a Prefeitura encaminhará o resultado para a Caixa, que vai então averiguar se está tudo correto, para então autorizar o serviço mediante emissão da AIO (Autorização de Início de Obra)”.

A reforma, segundo a Prefeitura, é uma obra em conjunto com o Governo do Estado, que ficou responsável por serviços no telhado da feira, iniciados no fim do ano passado. Na época, o prefeito Domingos Dutra, mediante acordo firmado no Ministério Público, providenciou tendas para abrigar do sol e da chuva os vendedores que tiveram de ficar do lado de fora por causa dos serviços no telhado. E assim foi feito. “Infelizmente, não depende de nós essa obra. No momento, a Prefeitura de Paço do Lumiar aguarda a vistoria e aprovação do projeto pela Caixa Econômica para poder licitar uma nova empresa e assim finalmente poder executar a reforma da Feira do Maiobão”, resume o prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias