RISCO

Três barragens da Vale podem se romper a qualquer momento

Em Minas Gerais, 3 barragens da mineradora Vale entraram na classificação máxima de alerta para risco de rompimento.

Depois de Mariana e Brumadinho, o risco ainda continua em Minas Gerais. Agora, outras 3 barragens da mineradora Vale estão classificadas como alerta máximo de rompimento. Em Ouro Preto são duas da Mina Fábrica: Forquilha I e Forquilha III e a última está na região de Macacos e Nova Lima, a menos de 30km da capital mineira: a barragem B3/B4, da Mina Mar Azul.

Barragem em Nova Lima.
Foto: Reprodução

De acordo com auditores contratados pela própria empresa, as barragens não receberam a declaração de condição de estabilidade porque possuem um fator de segurança inferior ao novo limite estabelecido pela Agência Nacional de Mineração (ANM). Decorrente disso, o nível 3 do Plano de Ação de Emergência de Barragens de Mineração foi acionado de forma preventiva.

A Vale informou por uma nota que o plano de evacuação das pessoas e animais já ocorreu em todas as possíveis regiões afetadas. A sirene de alerta também foi acionada, como prevê o protocolo do nível 3.

As barragens B3/B4, Forquilha I e III são barragens a montante, mesmo modelo da estrutura que rompeu em Brumadinho (MG) em janeiro deste ano. As três barragens, segundo a mineradora, estão inativas e, portanto, não recebem mais rejeitos.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias