Meio Ambiente

Vereadores de São Luís vão inspecionar depósito de rejeitos da Alumar

A comissão parlamentar capitaneada pelo presidente da Câmara Municipal, Osmar Filho (PDT), chegará ao local por volta das 14h desta quinta-feira, 31

Reprodução

Depois da ampla repercussão da re-publicação (neste domingo) da reportagem do jornal O Imparcial em que revelava a existência de um depósito de rejeitos em São Luís do tamanho da Lagoa da Jansen, vereadores de São Luís divulgaram no final desta segunda-feira (28) que uma comissão vai se reunir com a diretoria da Alumar para avaliar o funcionamento e impactos ambientais da lagoa de rejeitos do Consórcio Alumar.

A comissão parlamentar capitaneada pelo presidente da Câmara Municipal, Osmar Filho (PDT), chegará ao local por volta das 14h desta quinta-feira (31) e será recebida por membros da diretoria da empresa. A tragédia em Minas Gerais também acendeu a luz de alerta em São Luís.

“A Câmara Municipal tem o dever de fiscalizar o funcionamento deste tipo de equipamento. Além disso, manteremos dialogo permanente com entidades e órgãos responsáveis pela segurança e fiscalização da empresa”, disse à imprensa.

Audiências públicas também devem ser marcadas para discutir o assunto com a sociedade civil. Em nota, a Alumar diz que a empresa trabalha alinhada a agências ambientes e regulatórias. “Incluindo as Secretarias do Meio Ambiente no sentido de garantir excelência operacional e evitar riscos. A Alumar foi planejada e implantada com modernas tecnologias e mantém o seu sistema em conformidade com as suas políticas de saúde, segurança e meio ambiente.”

A nota fala ainda dos depósitos de rejeitos.  “As Áreas de Resíduos de Bauxita (ARB) nascem de minuciosos projetos de engenharia e são construídas com alto controle de qualidade, a fim de garantir a sua operacionalização, sem oferecer riscos.

O ciclo de vida das ARBs envolve projeto, construção, operação e reabilitação. Todas as etapas passam por processo de monitoramento, para garantir a integridade estrutural das áreas.”, respondeu o Consórcio.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS